[Valid Atom 1.0]

domingo, 27 de fevereiro de 2011

O novo avião de Dilma


Enquanto o Aerolula faz manutenção, a presidente usará o mais luxuoso jato da Embraer em viagens pelo País e pelo Exterior

Bruna Cavalcanti

chamada.jpg
ESPAÇO
O novo avião conta com apenas 19 confortáveis poltronas

As amargas lembranças deixadas pelo Sucatão, o carinhoso apelido do Boeing 707 que serviu à Presidência da República entre 1986 e 2005, parecem mesmo ter ficado no passado e na memória daqueles que voaram no avião, fabricado no fim da década de 60. Após quase ter matado de susto o então vice-presidente Marco Maciel quando uma de suas turbinas simplesmente pegou fogo em pleno voo para a China, em 1999, o Sucatão foi finalmente trocado por um moderno Airbus 319. Depois de correr o mundo levando o presidente Lula e sua comitiva nos últimos oito anos, a aeronave, que também ganhou um simpático apelido – Aerolula –, não vai poder voar pelo menos nos próximos 30 dias, por conta de manutenções. Dilma, no entanto, não precisará recorrer aos préstimos do Sucatão nem de seus primos menores, os Sucatinhas, em suas viagens pelo Brasil ou mundo afora. A Embraer emprestou, sem nenhum custo para a Presidência da República, um de seus aviões mais caros, o Lineage 1000, uma aeronave preparada para servir xeques árabes, bilionários russos ou magnatas do mundo dos negócios. Repleto de luxos, extravagâncias e conforto, o avião mais se parece com um palácio voador. Trata-se de uma ação que promove a empresa brasileira no Exterior e ao mesmo tempo não traz gastos ao governo.

img2.jpg

Durante a manutenção do Ae­ro­lula, Dilma até poderia usar outros dois jatos executivos da Presidência. Trata-se de duas aeronaves da Embraer, modelo ERJ 190, uma espécie de primo pobre do Lineage 1000. Os dois aviões, no entanto, também estão com manutenção programada para este ano e, em algum momento, terão que ir para o hangar. Para não causar contratempos aos deslocamentos de Dilma, o Grupo de Transporte Especial, uma divisão da Força Aérea Brasileira dedicada a prestar serviços ao governo, ficará com o Lineage 1000, uma aeronave de mais de US$ 50 milhões, por quase um ano. Com este jato executivo, Dilma poderá fazer viagens internacionais de média duração sem escalas. Com os tanques cheios, o Lineage pode levar a presidente e sua comitiva de Brasília a Paris, por exemplo. Com ele, a presidente também poderá participar da abertura da Assembleia-Geral da ONU, em Nova York, sem precisar parar em nenhum país da América Central para reabastecer.

Mas o que realmente impressiona no Lineage 1000 não são suas características técnicas, seu desempenho ou mesmo o fato de tudo isso ter sido fabricado aqui mesmo no Brasil. É na configuração interna que o avião que Dilma agora tem a sua disposição se destaca. Com capacidade para apenas 19 pessoas, a aeronave é uma espécie de suíte presidencial voadora. Tendo cinco áreas privativas, a decoração foi feita com o que há de mais luxuoso no mundo: tapetes de lã de carneiro, sofás de lã irlandesa, mesas de madeira de lei e televisores de cristal líquido sensíveis ao toque. São quatro salas, todas com conexão de alta velocidade à internet: uma de jantar, uma de estar, uma apenas para reuniões e até um escritório particular. Quando se cansar de discussões complexas com sua equipe, Dilma ainda poderá dormir em uma cama tamanho king-size ou relaxar tomando uma ducha. Por enquanto, Dilma é a primeira brasileira a desfrutar de toda essa mordomia. Até agora, apenas oito unidades dos Lineage 1000 foram entregues pela Embraer.

img1.jpg

img.jpg
LUXO
Madeira de lei, lã de carneiro e internet equipam
as quatro salas e o quarto com ducha e cama king-size

G_Dilma_aviao.jpg



Reforma de fachada

Mais preocupados em manter o poder do que atender aos anseios da população, políticos tentam mudar as regras do jogo eleitoral

Sérgio Pardellas

chamada.jpg

Como acontece no início de toda legislatura, a reforma política volta a ocupar a agenda dos par­lamentares. Sempre se falou no Brasil sobre a impossibilidade da aprovação de uma mudança no sistema político-eleitoral porque os deputados e senadores, principais beneficiários do atual processo, não teriam interesse em mudar as regras do jogo. Este ano, porém, a ideia ganhou corpo. Na terça-feira 22, uma comissão, criada pelo presidente do Congresso, José Sarney (PMDB-AP), foi instalada no Senado para discutir as mudanças e fechar um projeto em 45 dias. O problema é que as propostas debatidas até agora estão totalmente desconectadas dos anseios da população. Pelo visto, trata-se de mais uma reforma casuística em que os propósitos dos parlamentares, novamente, se sobrepõem aos desejos daqueles que os elegeram. “Os partidos e os políticos estão dissociados da vontade de seus eleitores. A reforma mais profunda alteraria a maneira como as elites políticas estão acostumadas a manter seu próprio poder”, diz Theófilo Machado Rodrigues, mestre em ciência política pela Universidade Federal Fluminense.

Os prognósticos sobre a Comissão recém-instaurada são, de fato, preocupantes. Não há uma discussão séria envolvendo os principais clamores do eleitorado, como, por exemplo, o fim do voto obrigatório. De acordo com recente pesquisa Datafolha, 48% da população defende o voto facultativo. Isso se refletiu nas eleições presidenciais do ano passado, quando a abstenção no segundo turno chegou a 21,5% Em países como África do Sul, Israel, Suécia e Espanha, onde o eleitor não é obrigado a votar, bem mais de 80% dos eleitores comparecem às urnas. “O voto obrigatório facilita a eleição de candidatos descompromissados com o eleitorado”, diz o deputado José Antônio Reguffe (PDT-DF), um dos raros parlamentares a discorrer sobre o assunto.

img.jpg
PÉ DO OUVIDO
O relator da comissão da reforma política, Francisco Dornelles,
confabula com o presidente do Senado, José Sarney

Outros temas prioritários para o eleitor também estão sendo postos de lado, como a fiscalização do dinheiro privado utilizado para financiar campanhas, o estabelecimento de regras transparentes para definir o salário dos parlamentares e a correção da representatividade no Congresso. Pelo sistema atual, ocorrem distorções inexplicáveis que fazem com que o voto de um eleitor do Acre tenha peso cinco vezes maior do que o de um eleitor de São Paulo, por exemplo. Mas é difícil encontrar um membro da Câmara ou do Senado interessado em alterar essa realidade. De outro lado, prosperam ideias destinadas ao próprio benefício dos parlamentares. Por exemplo, em vez de promoverem um debate profundo sobre a fidelidade partidária, preferem discutir a criação de uma janela que permita o troca-troca partidário. “Essa janela serviria apenas para fazer uma lipoaspiração na oposição”, advertiu o presidente nacional do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE). Parlamentares de peso na Casa, sobretudo os do PT, também voltaram a pregar a adoção do polêmico voto em lista, que não interessa à população, mas favorece o caciquismo político. Afinal, caberia ao partido escolher seus representantes e montar a lista de nomes na ordem que bem entendesse. No dia da eleição, as pessoas só teriam a opção de votar na legenda. E seriam eleitos os cabeças da lista escolhida pelas cúpulas partidárias.

Em contraposição ao voto em lista, setores do PMDB encamparam, nas últimas semanas, a controversa proposta do chamado distritão. A fórmula conta com o apoio do presidente da Comissão da Reforma Política no Senado, Francisco Dornelles (PP-RJ). Nesse sistema, acabaria a eleição proporcional nas eleições para a Câmara. Assim, os que conquistassem mais votos seriam eleitos, independentemente das siglas pelas quais concorressem. Mas, além de favorecer apenas os candidatos a deputado que dispõem de mais recursos para as campanhas, o distritão pode matar a representação partidária, levando ao retrocesso o sistema que já é permeado de vícios.

Uma das razões que pode explicar o súbito interesse do PMDB pela proposta está expressa num recente estudo do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). Segundo a pesquisa, se o sistema majoritário tivesse sido adotado na eleição do ano passado, o PMDB teria sido o maior beneficiado na Câmara, com a eleição de pelo menos mais dez parlamentares. O PT também sairia ganhando, mas teme ficar enfraquecido no médio prazo. Hoje, os petistas são beneficiados pelo voto em legenda, que aumenta significativamente seu coeficiente eleitoral. Isso acabaria. Não bastasse a falta de sintonia com a população, a divergência entre PT e PMDB em torno de assuntos importantes pode sepultar de vez a possibilidade de aprovação de uma reforma política na Casa. Ou seja, ficaria para as calendas mais uma tentativa de aprimoramento da democracia no País.

G_nova_politica.jpg





LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

"Alice no País das Maravilhas" leva o primeiro Oscar da noite


Publicidade

DE SÃO PAULO

"Alice no País das Maravilhas", de Tim Burton, venceu o primeiro Oscar da 83ª edição do Oscar.

A produção faturou o prêmio de direção de arte. Robert Stromberg e Karen O'Hara subiram ao palco para receber a estatueta.

O filme concorreu com "Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 1", "A Origem", "O Discurso do Rei" e "Bravura Indômita".

Em seguida, foi entregue o prêmio de fotografia para Wally Pfister, por "A Origem", de Christopher Nolan.

Também estavam indicados a esse prêmio Matthew Libatique, por "Cisne Negro", Danny Cohen, por "O Discurso do Rei", Jeff Cronenweth, por "A Rede Social" e Roger Deakins, por "Bravura Indômita".

Os dois prêmios foram apresentados pelo ator Tom Hanks.

ABERTURA

Os apresentadores James Franco e Anne Hathaway abriram o evento com uma apresentação pré-gravada em que apareceram em cenas de parte dos indicados ao prêmio de melhor filme, além de outras produções, como "De Volta para o Futuro".

Em seguida, os dois saudaram a plateia para depois iniciaram uma homenagem a filmes clássicos como "...E o Vento Levou".







LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Governo busca saída legal para Battisti no Brasil



DE SÃO PAULO

Antes mesmo de o STF (Supremo Tribunal Federal) dar a palavra final sobre o impasse jurídico em que se transformou o julgamento da extradição de Cesare Battisti, o governo quebra a cabeça para resolver outro dilema: o que fazer com o terrorista italiano caso fique no Brasil?

Reportagem de Vera Magalhães publicada na Folha de hoje informa (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL) que o governo calcula que o STF vai considerar válida a decisão do ex-presidente Lula, que decidiu não extraditar Battisti.

A extradição foi pedida pelo governo italiano e recomendada pelo tribunal.

Caso a previsão se concretize, Battisti, hoje preso em Brasília, terá de ser solto imediatamente.

O imbróglio é que, como o STF lhe negou refúgio no país e não o considerou refugiado político, o terrorista está num limbo jurídico. É um imigrante ilegal.

Diante da singularidade do caso, o governo também estuda a possibilidade de Battisti deixar o Brasil e procurar abrigo em um país que não tenha assinado tratado de extradição com a Itália.







LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Sobe para 16 o número de mortos em acidente com trio elétrico


Publicidade

RAPHAEL VELEDA
DE BELO HORIZONTE
FÁBIO FREITAS
DE SÃO PAULO

O número de mortos no acidente com um trio elétrico em Bandeira do Sul (MG), a 427 km de Belo Horizonte, subiu para 16, de acordo com informações da Polícia Militar. Ao menos 50 pessoas ficaram feridas.

Acidente com trio elétrico mata 15 no sul de Minas Gerais

O trio participava de uma festa de pré-Carnaval chamada Carnaband, que atraiu mais de 10 mil foliões para as ruas da cidade, que tem cerca de 6.000 habitantes.

Testemunhas e a PM afirmam que o choque do trio contra fios elétricos de postes de rua causou o acidente, matando as pessoas que estavam em cima do veículo.

"Alguém soltou um foguete que partiu o fio do poste. Aí caiu o fio em cima do trio, que estava totalmente lotado", afirma Daniel de Oliveira Castro, 25, que trabalha em um frigorífico da cidade. Ele faz parte da diretoria de um dos blocos que participavam da festa.

"Então foi o caos. As pessoas foram eletrocutadas, muita gente caiu do trio. A luz acabou na hora. Foi um horror", disse ele, por telefone.

O Corpo de Bombeiros e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Poços de Caldas, que fica a 24 km de Bandeira do Sul, estão fazendo o resgate das vítimas, que estão sendo levadas para a Santa Casa de Poços de Caldas, cidade vizinha.

Após o acidente, o fornecimento de energia elétrica e o serviço de telefonia fixa de Bandeira do Sul foram interrompidos.






LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Serra inaugura 1º hospital da Rede Lucy Montoro na capital


Com 13,5 mil metros quadrados, unidade oferece tratamentos inéditos a pacientes do SUS

Atualizado em 8 de setembro às 14h10

O Estado de São Paulo inaugurou o primeiro hospital da Rede de Reabilitação Lucy Montoro na última quinta-feira, 3. Com investimentos de R$ 50 milhões para a compra de um centro de saúde de tecnologia de ponta no bairro de Santo Amaro, na capital paulista, a unidade vai oferecer serviços inéditos na rede do SUS nacional. Com 13,5 mil metros quadrados e dez andares, o hospital será um centro de reabilitação integral de referência, com procedimentos de alta complexidade e tecnologias de ponta - ainda inéditos no País.

Ao se constituir um centro disseminador de conhecimentos avançados sobre reabilitação para profissionais, estudantes e pacientes, a intenção é democratizar a tecnologia disponível não só para o Estado de São Paulo, mas também pessoas de todo o País. Estiveram presentes na inauguração do hospital o governador de São Paulo, José Serra, e os secretários de Estado, Linamara Rizzo Battistella (Direitos da Pessoa com Deficiência), Luiz Roberto Barradas Barata (Saúde), Aloysio Nunes Ferreira (Casa Civil), Bruno Caetano (Comunicação) e Francisco Luna (Economia e Planejamento).

A nova unidade tem 80 apartamentos individuais, 20 consultórios e ala de diagnósticos de mil metros quadrados. Essa estrutura vai permitir realizar 12 mil atendimentos por mês em consultas, reabilitação, Terapia Ocupacional e tratamentos de última geração. "Tivemos a sorte de encontrar uma unidade já pronta e isso encurta os prazos de retorno", disse o governador José Serra. O hospital atenderá pacientes do SUS com lesões medulares, amputações, lesões encefálicas como traumatismo craniano e acidente cardiovascular, paralisia cerebral e severas restrições de mobilidade. Estima-se que haja no Estado de São Paulo demanda de dois milhões de pacientes que deverão ser atendidos pelas novas unidades da Rede Lucy Montoro.

Para formar uma verdadeira rede de informações, tecnologias e tratamentos multidisciplinares na área e interligar pessoas com deficiência, cuidadores e especialistas da área médica, o hospital abrigará um Centro de Inovação em Telemedicina para Reabilitação. Tecnologias de videoconferência e sistemas baseados na Internet serão adotados para democratizar conhecimentos na área e permitir a comunicação entre instituições de ensino, pesquisa e assistência em saúde. "Será a mais moderna unidade em reabilitação no país até o final do ano", disse Serra, em referência aos equipamentos de última geração que devem chegar até 2010.

Os recursos tecnológicos do Centro de Inovação serão usados ainda para promover a inclusão digital do paciente, que receberá por meio da Telemedicina orientações e cuidados para a garantia de sua manutenção funcional e da qualidade de vida. Além disso, o aprendizado e a troca de experiências sobre seu tratamento e a construção de vínculos sociais fortalecerão sua inclusão.

A manutenção da unidade exigirá investimento de R$ 5 milhões mensais. Seu funcionamento será complementar e seu padrão de atendimento de alta qualidade será parâmetro para as outras unidades da Rede Lucy Montoro. "Este é um momento histórico. A rede Lucy Montoro é o maior projeto social do Governo do Estado e que, sem dúvida, alcança todo o país. É mais do que um empreendimento. É a bandeira do Governo do Estado na direção da dignidade humana", afirmou a secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Linamara Rizzo Battistella.

O novo hospital vai atender pacientes com necessidade de tratamento intensivo e sequencial, triados de acordo com o critério de indicação clínica. Os casos vindos do interior paulista - a maioria até agora sem possibilidade de atendimento adequado em suas cidades e sem oportunidade de deslocamento e hospedagem em grandes centros - terão prioridade para internação nos apartamentos individuais e poderão ficar com acompanhantes, muitas vezes cuidadores importantes no processo de reabilitação. Os casos poderão ser encaminhados ao novo Instituto de Reabilitação Lucy Montoro pelas unidades de saúde pública da capital e do interior paulista, por intermédio dos Departamentos Regionais de Saúde.

Faça um tour virtual pelo 1º Hospital da Rede Lucy Montoro

Saiba mais sobre o novo hospital aqui

Tecnologias Inéditas

Apesar de já possuir o equivalente a cerca de R$ 12 milhões em equipamentos e mobiliário, a unidade receberá novos equipamentos de tecnologia inglesa, israelense e norte-americana até o final do ano, mediante investimento de outros R$ 10 milhões. O hospital terá, por exemplo, equipamentos para equoterapia, que oferecem as vantagens e benfeitorias da simulação dos movimentos do cavalo nos tratamentos de reabilitação, entretanto sem os riscos de queda do animal.

O novo hospital será o primeiro centro de reabilitação brasileiro a disponibilizar a tecnologia norte-americana da Teletermografia, um sistema de avaliação da temperatura através da emissão de radiação infravermelha da superfície corpórea, que auxilia no diagnóstico, tratamento e evolução de algumas doenças, como tumores do sistema musculoesquelético, escaras e trombose de paraplégicos e infecções, etc... Outra tecnologia inédita no País oferecida pelo Instituto de Reabilitação Lucy Montoro será a Estimulação Magnética Transcraniana, uma metodologia inglesa de estímulo do sistema nervoso central, pela qual é possível provocar e obter respostas favoráveis ao recondicionamento físico e progresso dos movimentos.


Tecnologias de ponta em reabilitação pouco conhecidas no Brasil, mas com alto grau de eficiência, também estarão disponíveis no novo hospital. O Biofeedback com Eletromiografia, sistema norte-americano de exercício com estímulo muscular, medirá o estímulo empenhado pelo equipamento e a respectiva resposta muscular do paciente. Já a Bicicleta com Estimulação Elétrica Funcional oferecerá a quem sofreu com lesão medular a possibilidade de se exercitar num equipamento similar à bicicleta ergométrica.


Ainda nesta categoria, de tecnologia rara no País disponível na nova unidade, está a Baropodometria, avaliação que identifica a distribuição das áreas de pressão na planta dos pés durante a marcha. A medição é bastante útil para os tratamentos de dores crônicas, alterações de sensibilidade nos membros inferiores, tanto na cicatrização de feridas, quanto na correção de postura e movimentos e para se evitar deformidades.


O novo Instituto de Reabilitação Lucy Montoro está equipado também com Eletroneuromiografia e Potencial Evocado, que fazem, respectivamente, a avaliação muscular e nervosa dos membros e do sistema nervoso central. A unidade está dotada ainda de equipamentos frequentemente utilizados nos centros de reabilitação mais completos, dentre eles a Densitometria Óssea, que indica o nível de calcificação óssea e os pontos de fraqueza, e as Ondas de Choque, indicadas para tratamentos de reabilitação de tendinites e calcificações.


Um andar do hospital será destinado exclusivamente a consultas, reabilitação e tratamento do público infantil. Um centro de implante coclear, tecnologia de ponta para pessoas com deficiência auditiva, disponibilizará a técnica a pacientes SUS, incluindo crianças com deficiência auditiva. Na sala de procedimentos especiais, serão implementadas técnicas de reabilitação avançadas, como a aplicação de toxinas. A unidade está equipada ainda com praça de convivência para técnicas de Terapia Ocupacional (T.O.), andar de reabilitação com sala de ginástica, piscina hidroterápica aquecida e sauna.


O prédio, totalmente inteligente, possibilitará ainda a adoção da tecnologia da telemedicina, pela qual profissionais especializados da unidade poderão interagir futuramente com os das outras unidades Lucy Montoro.


A Rede Lucy Montoro


O novo hospital de Santo Amaro integra a Rede de Reabilitação Lucy Montoro, cuja proposta é oferecer condições à pessoa com deficiência de ser efetivamente inserida na sociedade, a partir do desenvolvimento de suas habilidades e potencialidades, proporcionado pela reabilitação multidisciplinar.


Dentro de dois anos, a Rede será composta por nove unidades fixas em diversas regiões do Estado, superando os 120 mil atendimentos mensais. Já foram lançadas as pedras fundamentais das unidades de Campinas e Marília. Em breve, devem ser lançadas também unidades de Santos e São José do Rio Preto. A unidade de Ribeirão Preto também já foi anunciada.


Os centros de atendimento paulistanos na Lapa, na Vila Mariana e no Jardim Umarizal - agora integrados ao novo hospital de Santo Amaro - compõem a unidade Lucy Montoro da capital, cuja pedra fundamental também foi lançada em outubro passado. Na capital, a capacidade média será superior a 20 mil atendimentos mensais, garantidos por mais de 500 profissionais especializados.


Já está programa a ampliação desse número inicial de nove centros, com a implantação de mais sete unidades no interior do Estado, sendo duas unidades no Vale do Paraíba. A ampliação eleverá para mais de 200 mil atendimentos mensais a capacidade da Rede.


Completa a Rede de Reabilitação Lucy Montoro a unidade móvel - um caminhão de 15m de comprimento x 2,60m de largura, com consultório médico, sala de espera e oficina de órteses e próteses - que viaja pelo Estado fazendo o atendimento a pessoas que aguardam por órteses, próteses e ajudas técnicas.

Da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência


Lançada pelo Decreto 52.973/08, assinado em maio de 2008, a Rede de Reabilitação Lucy Montoro deverá contar com 17 unidades nas cidades de: São Paulo (quatro unidades: Vila Mariana, Morumbi, Lapa, Jardim Umarizal), Botucatu, Campinas, Fernandópolis, Jaú, Marília, Pariquera-Açu, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba e Taubaté. Quando completa, a Rede deverá ter capacidade para mais de 200 mil atendimentos mensais. Em setembro de 2009 foi inaugurada a primeira unidade da Rede, um hospital na região de Santo Amaro, na capital paulista. A unidade tem 13,5 mil m², 80 leitos e capacidade para 12 mil atendimentos mensais em consultas, reabilitação, Terapia Ocupacional e tratamentos de última geração.

A proposta da Rede Lucy Montoro é render condições à pessoa com deficiência física de ser efetivamente incluída na sociedade, a partir do desenvolvimento de suas habilidades e potencialidades.
O projeto prevê que a abordagem de reabilitação seja integral e disponibilize aos usuários serviços como piscina especial para hidroterapia, laboratórios de função pulmonar, ergoespirometria, podobarometria, laboratório de análise do movimento, eletroneuromiografia e potencial evocado, urodinâmica e terapias complementares, além de um pequeno centro cirúrgico. Será reservado também um espaço para o condicionamento físico, atendimento em grupo e quadra poliesportiva. (Conheça também a história do Hospital Sarah Kubitschek).

A Rede de Reabilitação Lucy Montoro conta também com uma unidade móvel – um caminhão de 15m de comprimento x 2,60m de largura, com consultório médico, sala de espera e oficina de órteses e próteses, lançada em janeiro de 2009. Ele viaja pelo estado prestando atendimento e ajudas técnicas.

Institutos de Reabilitação Lucy Montoro: hospitais de reabilitação, destinados a pessoas com deficiência física que necessitem de cuidados intensivos de medicina de reabilitação.

Unidade Vila Mariana
Parceria: Hospital das Clínicas da FMUSP e Fundação Faculdade de Medicina
Previsão de atendimento: 15 mil pacientes/mês com 44 leitos para internação

Unidade Morumbi
Parceria: Fundação Faculdade de Medicina
Previsão de atendimento: 12 mil pacientes/mês com 80 leitos para internação

Unidade Ribeirão Preto
Parceria: Hospital das Clínicas da FMRP-USP e FAEPA
Previsão de atendimento: 15 mil pacientes/mês com 18 leitos para internação
Fone: (16) 3602 1816

Unidade São José do Rio Preto
Parceria: FAMERP - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto e FAEPE
Previsão de atendimento: 8 mil pacientes/mês com 16 leitos para internação

Centros de Reabilitação Lucy Montoro: Destinados ao atendimento de pacientes ambulatoriais em regime de hospital-dia ou em turno de 4 (quatro) horas

Unidade Umarizal

Parceria: Hospital das Clínicas da FMUSP e Fundação Faculdade de Medicina
Previsão de atendimento: 10 mil pacientes/mês

Unidade Clínicas
Parceria: Hospital das Clínicas da FMUSP e Fundação Faculdade de Medicina
Previsão de atendimento: 6 mil pacientes/mês

Unidade Lapa
Parceria: Hospital das Clínicas da FMUSP e Fundação Faculdade de Medicina
Previsão de atendimento: 32 mil pacientes/mês
Fone: (11) 3873 6760

Unidade Marília
Parceria: FAMAR e FAMEMA - Faculdade de Medicina de Marília
Previsão de atendimento: 10 mil pacientes/mês com alojamento

Unidade Jaú
Parceria: Santa Casa de Jaú
Previsão de atendimento: 6 mil atendimentos/mês
Fone: (14) 3624 3862

Unidade Taubaté

Paeceria: UNITAU - Universidade de Taubaté
Previsão de atendimento: 8 mil pacientes/mês

Unidade Sorocaba
Parceria: Faculdade de Medicina da PUC-SP
Previsão de atendimento: 6 mil pacientes/mês

Unidade Campinas
Parceria: Centro Infantil Boldrini e UNICAMP
Previsão de atendimento: 10 mil pacientes/mês
Fone: (19) 3787 9141

Unidade São José dos Campos
Parceria: UNIFESP
Previsão de atendimento: 8 mil pacientes/mês

Unidades de Reabilitação Lucy Montoro: Centros de assistência multidisciplinar, unidades inseridas em Ambulatórios Médicos de Especialidades - AMES ou em estrutura similar

Unidade Santos

Parceria: Fundação Lusíada e UNILUS (junto ao AME)
Previsão de atendimento: 10 mil pacientes/mês

Unidade Fernandópolis
Parceria: FAMERP- Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto
Previsão de atendimento: 10 mil pacientes/mês

Unidade Pariquera-Açu
Parceria: Consórcio Consaúde (junto ao AME)
Previsão de atendimento: 8 mil pacientes/mês

Unidade Presidente Prudente
Parceria: UNESP
Previsão de atendimento: 8 mil pacientes/mês

Unidade Botucatu
Parceria: UNESP
Previsão de atendimento: 8 mil pacientes/mês

Acesse o link
http://lucymontoro.hctv.com.br/blog ou http://www.estacaodigitalmedica.com.br/lucymontoro/

Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Home page: http://www.pessoacomdeficiencia.sp.gov.br/
Núcleo de Comunicação: info@pessoacomdeficiencia.sp.gov.br
Tel.: (11) 3663.3566 (São Paulo- Barra Funda)


blog deficiente ciente




LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Mulher em trabalho de parto é resgatada por helicóptero em SP

27/02/2011 16h31 - Atualizado em 27/02/2011 16h38


Ela estava na Marginal Pinheiros, quando o Helicóptero da PM foi acionado.
Trânsito na região, perto da Castello Branco, estava muito ruim.

Do G1 SP

Mulher em trabalho de parto é resgatada por helicóptero da PM em SP (Foto: Reprodução/ TV Globo)Mulher em trabalho de parto é resgatada por helicóptero da PM em SP (Foto: Reprodução/ TV Globo)

O helicóptero Águia da Polícia Militar foi acionado por volta de 16h para resgatar da Marginal Pinheiros, em São Paulo, uma mulher em trabalho de parto. O trânsito estava muito ruim na região, que fica perto da alça de acesso à Rodovia Castello Branco.

A chuva que atinge a capital paulista na tarde deste domingo (27) provoca transtornos, principalmente, na Zona Oeste. De acordo com uma funcionária do Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), na Lapa, o local, às 15h30, estava alagado.

Mulher em trabalho de parto é resgatada na Marginal Pinheiros (Foto: Reprodução/ TV Globo)Mulher em trabalho de parto é resgatada na
Marginal Pinheiros (Foto: Reprodução/ TV Globo)

Os bombeiros informaram que os bairros da Pompéia, Butantã e Lapa, todos na Zona Oeste, concentraram o maior número de chamados. De acordo com a assessoria de imprensa da corporação, as equipes de resgate seguiram para lá de bote para resgatar pessoas ilhadas. A Avenida Pompéia e as ruas do entorno foram bastante afetadas pelo temporal.

Estado de atenção

Às 15h35, com a entrada da região Sudeste, toda a capital estava em estado de atenção, como informou o Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura (CGE). No horário, São Paulo tinha 37 pontos de alagamento, cinco deles intransitáveis. Um deles ficava na Rua Corifeu de Azevedo Marques, no Butantã, um dos bairros afetados pela chuva.








LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Tribunal mantém afastado juiz acusado de pedofilia


  • Fernando Salles atuava em Paranatinga e está afastado desde agosto do ano passado


  • ANTONIELLE COSTA
    DA REDAÇÃO

    O juiz Fernando Márcio Marques de Salles, de Parantinga (373 km ao Sul de Cuiabá), se mantém afastado de suas funções, conforme deliberação do Pleno do Tribunal de Justiça. A decisão foi tomada em sessão plenária realizada na tarde de quinta-feira (24).

    Salles é acusado de suposto abuso sexual contra crianças e adolescentes, na cidade, onde atuava como magistrado.

    O caso havia entrado na pauta da sessão plenária do último dia 10, mas foi adiado, em função de um pedido de vistas de José Ferreira Leite. Em voto-vista, o desembaragador votou contra o afastamento, mas não foi acompanhado pelos seus pares.

    Fernando Salles foi afastado do cargo, cautelarmente, em 18 de agosto passado, por determinação do presidente do TJ, desembargador José Silvério Gomes. A decisão foi referendada pelo Pleno do Tribunal. O afastamento não traz prejuízos aos vencimentos que ele recebe como juiz.

    As investigações tiveram início na Corregedoria, a partir de denúncias na Polícia Federal, que encaminhou o caso ao Ministério Público Estadual (MPE). O procurador Hélio Fredolino Fausto colheu depoimentos das vítimas e remeteu-as à Corregedoria do TJ, que investiga a conduta funcional de juízes.

    Outro lado

    O advogado de defesa do magistrado, Alfredo Gonzaga, lamentou a decisão do Pleno do Tribunal, alegando que a instituição não respeitou a Lei Orgânica da Magistratura (Loman), no que tange ao quórum para o julgamento do caso. Segundo Gonzaga, a legislação prevê que são necessários 2/3 dos votos e que isso não ocorreu.

    "A manutenção do afastamento contraria o que prevê a Loman. Na sessão, haviam 16 presentes, dois votaram contra e um se absteve, sendo 13 votos a favor. Votação essa insuficiente, conforme a legislação que dispõe que deve ser 2/3. Lamento que o TJ tenha agido dessa forma, pois deveria aplicar a lei", afirmou o advogado.

    Ainda de acordo com Gonzaga, o afastamento foi mantido sem qualquer fundamento. Dessa forma, o advogado afirmou que irá tomar as providências cabíveis, propondo recursos nas instâncias superiores.


Crianças e adolescentes na mira de estupradores

Tamanho da fonte:

Cadê seu filho? Quem são os amigos dele? Que locais ele está frequentando? A dica para evitar qualquer tipo de crime sexual contra as crianças e adolescentes é observar e estar sempre atento ao comportamento deles. Nesse ano, até a última sexta-feira, já foram registrados 181 casos de violência sexual contra crianças e adolescentes no Pará. Os números foram liberados pelo Centro Integrado ProPaz.

Baseado nesses dados são três casos diariamente. Mas a coordenadora do ProPaz, Eugenia Fonseca, explica que o quantitativo ainda está fora do alcance do número real. O motivo é a omissão.

“Existem duas situações para explicar esse fator, quando a vítima não fala, já que sempre está sob ameaça. E também quando a família sabe, mas tem receio de denunciar, por ser uma situação constrangedora tanto para a criança ou o adolescente como também para a própria família”, explicou a Eugênia.

Na última terça-feira foi preso em flagrante Mateus Soares Borges, 24, no município de Santa Bárbara do Pará. Ele cometia crime sexual contra a sobrinha, uma criança de 10 anos. Mas a violência já vinha ocorrendo há três anos. Como uma situação clássica, a criança demorou a falar devido ao medo das ameaças.

“A criança não fala, ela tem medo de não ser levada a sério e também teme as ameaças do agressor”, fala a coordenadora. Diante dessa situação traumática, a psicóloga Milene Veloso, estudiosa na área, explica que esse tipo de violação traz consequências. As reações dos dois sexos se mostram de forma diferente.

“Os meninos, podem se transformar em futuros agressores. Já as meninas têm chances de seguir pra prostituição ou a homossexualidade”.

Adolescentes são as maiores vítimas

A preocupação maior de crimes sexuais é contra os adolescentes, pois são os casos mais frequentes. “Os adolescentes são as principais vítimas. A cultura machista dos homens criados para ver as mulheres como objeto agora que não está sendo vista com bons olhos, as pessoas estão mais intolerantes quanto a isso”, afirmou.

Sob a ótica do estudo, Milene Veloso fez questão de pontuar que nem todo abusador sexual é pedófilo. E ainda mais, pedofilia não é crime. “O pedófilo tem transtornos de conduta e sente atração sexual por crianças, é uma doença compulsiva e não tem cura”, explicou. As pessoas portadoras desse transtorno apresentam algumas características comuns.

Conforme a explicação da psicóloga, eles se aproximam de crianças franzinas, carentes afetivamente, procuram estreitar amizade para conseguir conquistar a confiança da criança. E é nesse momento que a família precisa estar atenta.

Um caso de pedofilia quando chega à delegacia não é visto como doença. A delegada Cristiane Lobato, diretora da Divisão de Atendimento ao Adolescente (DATA) diz que a introdução do artigo de estupro de vulnerável contribuiu para essa interpretação. “Quando chega um caso de alguém que tenha violentado uma criança menor que 14 anos por conjunção carnal ou por ato libidinoso, vai ser presa”, explicou a delegada.

Para defender essa bandeira em defesa das crianças e dos adolescentes quem quiser contribuir pode ligar para o disque-denúncia 181 e denunciar os crimes sexuais. A partir do dia 1º de março a Data vai lançar o site com foto de abusadores foragidos da Justiça.

SINTOMAS

As crianças violentadas costumam apresentar os seguintes sintomas: isolamento, baixo rendimento na escola, fuga do lar, insônia, automutilação, pesadelo e fobias.

O QUE É PEDOFILIA?

É uma doença sem cura em que a pessoa tem transtorno de conduta e sente atração sexual por crianças. (Diário do Pará)







LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Morre ex-premiê turco Necmettin Erbakan, líder do islamismo político


O ex-primeiro-ministro turco Necmettin Erbakan, principal líder do islamismo político da Turquia no século XX, morreu neste domingo (27/02) em um hospital em Ancara, justo um dia antes de se completar 14 anos do golpe de Estado que o tirou do poder.

A imprensa turca informou que o ex-líder, de 84 anos, estava internado desde o mês passado em um hospital da capital turca.

Chefe de governo entre 1996 e 1997, Erbakan liderava atualmente o Partido da Felicidade (SP), maior formação islâmica na Turquia.

Leia mais:
Curdos protestam contra referendo de emendas constitucionais na Turquia
Turquia pode voltar a proibir acesso ao Youtube
Famílias de soldados mortos por rebeldes curdos processam exército da Turquia

O atual primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan, do Partido da Justiça e o Desenvolvimento (AKP), foi um de seus discípulos, mas, após a derrocada de Erbakan, abriram-se brechas dentro do movimento islâmico. Erdogan e outros dissidente fundaram o AKP, mais moderado e inspirado nos partidos democratas-cristãos europeus.

As posturas islâmicas de Erbakan sempre o mantiveram na mira dos militares, considerados os fiadores da defesa dos princípios laicos instaurados na década de 1920 pelo fundador do moderno Estado turco, Mustafa Kemal Atatürk.

Durante o governo de Erbakan (1996-1997), a Turquia aprofundou relações diplomáticas com o Irã e a Líbia de Muammar Kadafi. Sua política externa, linguagem antilaica e políticas pró-islâmicas despertaram feroz oposição das elites laicas, o que culminaria no golpe de Estado de 1997.

Erbakan tinha inúmeros simpatizantes entre a comunidade turca que vive na Alemanha, por meio da associação ultraconservadora Milli Gorüs (Visão Nacional).






LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Morre o escritor e filósofo Benedito Nunes


Pensador tinha 81 anos; corpo deve ser cremado nesta segunda-feira, 28

27 de fevereiro de 2011 | 16h 27
Estadão.com.br

Morreu na manhã deste domingo, 26, o filósofo e escritor paraense Benedito Nunes, aos 81 anos. Internado há dez dias no Hospital Beneficente Portuguesa, em Belém.

Luiz Braga/Divulgação
Luiz Braga/Divulgação
Escritor em sua casa, Belém, 1988

O corpo de Benedito Nunes será velado na Igreja de Santo Alexandre, na Cidade Velha. Amanhã, familiares e amigos participarão de uma missa na mesma igreja. O corpo será cremado no cemitério Max Domini, no município de Marituba, próximo a Belém.

Benedito José Viana da Costa Nunes, nasceu em Belém do Pará em 21 de novembro de 1929. Recebeu o prêmio Jabuti em 1987, na categoria Estudos Literários. No ano passado, foi agraciado com o Prêmio Machado de Assis, pelo conjunto de sua obra. Lançou A Clave do Poético em julho de 2010.

Crítico literário, professor, escritor, ensaísta e filósofo, Nunes ensinou literatura e filosofia em diversas universidades do Brasil, da França e dos Estados Unidos. Escreveu artigos e ensaios para jornais e publicações locais, nacionais e internacionais. Foi um dos fundadores da Faculdade de Filosofia do Pará, mais tarde incorporada à Universidade Federal do Pará (UFPA). Aposentou-se como professor titular de Filosofia pela UFPA, tendo recebido o título de Professor Emérito em 1998, ano em que ganhou o Prêmio Multicultural Estadão.




LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Excesso de chuva no #Morumbi faz são-paulino nadar na arquibancada

27/02/2011 16h32 - Atualizado em 27/02/2011 16h44


Início do jogo entre São Paulo e Palmeiras foi retartado por causa do temporal que caiu na capital paulista. Mas o torcedor faz festa...

Por Diego Ribeiro e Leandro Canônico São Paulo


Enquanto esperam o início do clássico entre São Paulo e Palmeiras, retardado em meia hora por conta das fortes chuvas, alguns torcedores do Tricolor se divertem no estádio do Morumbi. Dois deles, aproveitando um trecho alagado da arquibancada, aproveitaram para nadar. Pouco se importando com o excesso de água, os amigos mergulhavam de barriga na piscina improvisada. Assista ao lado.

A partida que estava marcada para começar às 16h já foi atrasada por duas vezes. Os jogadores até chegaram a subir para o gramado. Mas após rápida conversa entre os técnicos e o trio de arbitragem ficou decidido que o melhor seria aguardar. Todos voltaram para os vestiários. Meia hora depois, o árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza retornou a campo para uma nova inspeção. Apesar de estar mais otimista e com a chuva tendo diminuído de intensidade, o juiz pediu mais 30 minutos.

Os jogadores já declararam que preferiam que o jogo fosse adiado. Uma das possibilidades dadas pela Federação Paulista de Futebol seria transferir o clássico para segunda-feira às 15 horas. Porém, como o Verdão tem compromisso na quarta-feira, contra o Comercial-PI pela Copa do Brasil, não teria tempo suficiente para descansar seus atletas – previsto por lei – entre as duas partidas.



Chuva provoca o tranbordamento do Rio Pinheiros e alaga regiões de SP

O Globo, CBN, Globonews TV

SÃO PAULO - Voltou a chover forte na tarde deste domingo em São Paulo, principalmente nas zonas Oeste e Sul. O Rio Pinheiros transbordou na altura da Ponte da Cidade Universitária e deixou as subprefeituras de Pinheiros e do Butantã em estado de alerta. A chuva também caiu forte nas regiões do estádio do Morumbi e da Pompeia, que ficou alagada nas proximidades do estádio do Palmeiras. A circulação do Metrô na linha Leste-Oeste e a de trens da linha 8-Diamante (Júlio Prestes-Itapevi) da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), entre as estações Lapa e Barra Funda. foi interrompida. Toda a cidade está em estado de atenção desde 15h35m. Foram registrados pelo menos 46 pontos de alagamento, 12 deles intransitáveis.

Em Carapicuíba, na Grande São Paulo, um carro caiu em um córrego perto do hospital Vila Dirce. Informações preliminares dão conta de que uma vítima estaria no veículo.

Na capital paulista, por prevenção, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) interditou os túneis do Anhangabaú, no Centro, e Fernando Vieira de Mello, na Zona Sul.

Usuários de outras linhas da CPTM também tiveram problemas. A circulação chegou a ser interrompida na Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana) e acontece de forma alternada na estação Barra Funda, para usuários do ramal Luz-Jundiaí, onde uma das vias está alagada.

A chuva começou por volta das 14h05m, quando o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) colocou as zonas Norte e Leste e a Marginal Tietê em estado de atenção. Vinte e cinco minutos depois, foi a vez da Marginal Pinheiros e da Zona Oeste entrarem na mesma situação. A Zona Sul e o Centro entraram em atenção às 14h48m e a Zona Sudeste, às 15h35m.





LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Clube obriga babá a usar branco e barra ida a restaurante


Publicidade

CRISTINA MORENO DE CASTRO
DE SÃO PAULO

O crachá deve estar sempre no pescoço e a roupa deve ser toda branca. Em alguns dos mais tradicionais clubes de São Paulo, não basta às babás apresentarem carteirinha, como os sócios. É preciso estar trajada de acordo com as regras.

É assim no Pinheiros, no Paineiras e no Paulistano, todos na zona oeste, cujos títulos chegam a R$ 25 mil.

No Pinheiros, algumas babás relatam que são cobradas a usar calçados fechados, mesmo em dias quentes. No Paulistano, é preciso usar "sapatênis, sapatos ou tênis da mesma cor do uniforme".

"Acho discriminação", diz a babá Silvana Santana, 36, que vai ao Pinheiros duas vezes por dia. Na semana passada, ela teve apreendida sua carteirinha (onde se vê escrito "acompanhante") porque vestia bermuda jeans e blusa branca. Foi avisada de que só o patrão poderia retirar o documento.

Outra passou por uma "blitz de babás" e teve a carteirinha retida, pois não usava branco. Ficou "constrangida e envergonhada."

Sua empregadora, que preferiu não se identificar, afirma que ficou tão incomodada que enviou uma carta ao clube explicando que ela não usa uniforme em casa e pedindo que não tivesse de fazê-lo no clube. "Foi indeferido. Alegaram que é regra."


Carlos Cecconello/Folhapress
Babás entram no clube Pinheiros vestidas de branco; traje é obrigatório em clubes tradicionais de SP
Babás entram no clube Pinheiros vestidas de branco; traje é obrigatório em clubes tradicionais de SP

Juliana Rodrigues, 25, também babá, diz que já lhe chamaram a atenção no Pinheiros porque sua blusa branca tinha "uma florzinha no canto" e porque usava sandália "neste calor".

Diz ainda ser proibida de ir ao restaurante acompanhada apenas das crianças e conta que um sócio já pediu que ela se levantasse de um banco perto da piscina.

O Pinheiros confirma que as babás só podem ir ao restaurante infantil.

Sócia do clube, a professora Nuria Carbó, 35, considera o uniforme discriminatório. "Passaram a vir de branco porque muitos sócios reclamaram da presença delas." Já Paula Krishnan, 37, também sócia, acha que a regra é uma forma de controle. "Assim como os funcionários do clube, [as babás também] têm identificação."

O coordenador da Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP, Martim Sampaio, vê discriminação na exigência da roupa branca e, sobretudo, no veto ao restaurante.

"O clube tem o direito de saber quem está adentrando a dependência, até por questão de segurança, mas a carteirinha basta para isso", diz.

"É um constrangimento ilegal a empregada ter que se vestir de forma diferenciada e é absurdo impedir que ela entre no restaurante. Ser obrigada a levantar do banco é um apartheid social."

Segundo o Pinheiros, o clube tem 37 mil sócios e 1.500 acompanhantes de idosos, crianças e deficientes cadastrados. Eles devem apresentar crachá "e portá-lo em local visível durante a sua permanência no clube, como acontece com funcionários em qualquer organização". Uniforme e crachá servem para identificação, diz.

Afirmou que algumas áreas possuem "regras específicas para acesso, podendo ser reservados exclusivamente aos associados". Paineiras e Paulistano não se manifestaram


Comentar esta reportagemVer todos os comentários (458)

  1. Fabio Melero (309)
    (10h57) há 6 horas

    Walter Salles disse uma vez que não fazia filmes com ricos brasileiros, porque eles são caricatos. Após uma temporada longa nos EUA, ao chegar ao terminar de embarque do JFK e ver os brasileiros "ricos", constatei a veracidade das palavras de Salles. São realmente muito ridículos.

  2. Jaime Carrasco (195)
    (12h17) há 4 horas

    O detalhe esta em que estas babás não são funcionárias do clube!!! E sim das pessoas que são sócias do clube.

    O clube pode impôr suas regras aos seus funcionários e não aos funcionários dos frequentadores.

  3. Ana Beatriz (1)
    (10h58) há 6 horas

    Discriminação travestida de preocupação com segurança. Que nojo.








LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Rio Pinheiros transborda e região do Butantã, em SP, entra em estado de alerta

27/02/2011 - 16h34


Publicidade

COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

O rio Pinheiros transbordou em função das chuvas que atingem São Paulo na tarde deste domingo e colocou a região da Subprefeitura de Pinheiros e Butantã em estado de alerta às 16h10, segundo o CGE (Centro de Gerenciameto de Emergência) da prefeitura. Todas as outras regiões da cidade estão em estado de atenção.

A zona sudeste da cidade foi a última a entrar em atenção, às 15h35. Zona leste, zona norte e a marginal Tietê entraram em atenção às 14h05, de acordo com o CGE. Zona oeste e marginal Pinheiros entraram às 14h30, e a zona sul, às 14h48.

A escala usada pelo órgão passa por observação (condições normais), atenção (possibilidade de alagamentos), alerta (transbordamento de rios e córregos) e alerta máximo (estado de calamidade pública).

Segundo o CGE, áreas de instabilidade formadas pelo calor e pela aproximação de uma frente fria provocam chuvas fortes na zona norte (Pirituba, Vila Maria, Vila Guilherme e Santana), na zona leste (Vila Jacuí, São Miguel Paulista, Itaim Paulista), na zona oeste ( Rio Pequeno, Butantã e Lapa), zona sul (Campo Limpo) e centro.

Há pontos de alagamento concentrados principalmente na zona oeste.

Os bombeiros foram chamados para atender a várias ocorrências de alagamento, sobretudo na zona oeste, mas ainda não há detalhes sobre os chamados. Segundo os bombeiros, um córrego transbordou na avenida Marechal Tito, próximo ao número 5.000, Itaim Paulista, na zona leste, próximo a uma favela.

De acordo com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), vários semáforos estão apagados na avenida Paulista, mas o trânsito flui sem dificuldades. Há lentidão na avenida dos Bandeirantes, no sentido marginal, e na avenida do Estado, no sentido Ipiranga-Santana.



Chuva provoca o tranbordamento do Rio Pinheiros e alaga regiões de SP

O Globo, CBN, Globonews TV

SÃO PAULO - Voltou a chover forte na tarde deste domingo em São Paulo, principalmente nas zonas Oeste e Sul. O Rio Pinheiros transbordou na altura da Ponte da Cidade Universitária e deixou as subprefeituras de Pinheiros e do Butantã em estado de alerta. A chuva também caiu forte nas regiões do estádio do Morumbi e da Pompeia, que ficou alagada nas proximidades do estádio do Palmeiras. A circulação do Metrô na linha Leste-Oeste e a de trens da linha 8-Diamante (Júlio Prestes-Itapevi) da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), entre as estações Lapa e Barra Funda. foi interrompida. Toda a cidade está em estado de atenção desde 15h35m. Foram registrados pelo menos 46 pontos de alagamento, 12 deles intransitáveis.

Em Carapicuíba, na Grande São Paulo, um carro caiu em um córrego perto do hospital Vila Dirce. Informações preliminares dão conta de que uma vítima estaria no veículo.

Na capital paulista, por prevenção, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) interditou os túneis do Anhangabaú, no Centro, e Fernando Vieira de Mello, na Zona Sul.

Usuários de outras linhas da CPTM também tiveram problemas. A circulação chegou a ser interrompida na Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana) e acontece de forma alternada na estação Barra Funda, para usuários do ramal Luz-Jundiaí, onde uma das vias está alagada.

A chuva começou por volta das 14h05m, quando o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) colocou as zonas Norte e Leste e a Marginal Tietê em estado de atenção. Vinte e cinco minutos depois, foi a vez da Marginal Pinheiros e da Zona Oeste entrarem na mesma situação. A Zona Sul e o Centro entraram em atenção às 14h48m e a Zona Sudeste, às 15h35m.





LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Homem é morto a pauladas e pedradas depois de esfaquear criança de 4 anos


A Tarde On Line

Um homem foi morto a pauladas e pedradas na madrugada deste domingo, 27, no bairro de Fazenda Coutos III, depois de esfaquear uma criança de quatro anos de idade. Segundo informações da Superintendência de Telecomunicações das Polícias Civis e Militar (Stelecom), o corpo do homem, de identidade ignorada, foi encontrado na Rua Eixo, às 8h15.

De acordo com agentes da 5ª CP (Periperi), que cuida do caso, a criança foi encaminhada ao Hospital do Subúrbio, mas não há informações sobre o estado de saúde da vítima. Ainda segundo a polícia, o homem estaria alcoolizado no momento em que esfaqueou o menino na cabeça, no abdômen e no peito. A suspeita é de que populares tenham agredido o homem.





LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Charlie Sheen ABC '20/20' promos to air during Academy Awards Sunday night: rep


Originally Published:Sunday, February 27th 2011, 1:41 PM
Updated: Sunday, February 27th 2011, 1:59 PM

Charlie Sheen talks to ABC News’ Andrea Canningon on a special edition of '20/20' to air Tuesday.
Handout
Charlie Sheen talks to ABC News’ Andrea Canningon on a special edition of '20/20' to air Tuesday.

Charlie Sheen has been duking it out with CBS this past week, but reports that ABC conducted its own fight with the Oscars over the actor's upcoming interview on "20/20" are "not true," according to a network rep.

It was announced this weekend the news program llanded the first TV interview with the "Two and a Half Men" star since he unleashed vitriol on the show's producer, Chuck Lorre last week, which lead to execs canceling production on the show for the rest of the season.

Though Deadline.com reported that the Motion Picture Academy of Arts and Sciences did not want ABC to air promos of Sheen's interview during the Oscars Sunday night, a rep for ABC said two promos will in fact be running during the show.

Sheen was reportedly interviewed by "20/20" at his private gym with his trainer present and is set to address his history with substance abuse and his scuffle with CBS in the interview, which will air on "20/20" Tuesday and will be excerpted on “Good Morning America” Monday and Tuesday.

The 45-year-old actor made headlines last week after calling Chuck Lorre, the creator of his CBS sitcom, a "stupid, stupid little man" and a "contaminated maggot," and appeared to mock the exec’s Jewish birth name during a radio interview.


Charlie Sheen talks to Andrea Canning on '20/20.' (Handout)

Following his tirade, CBS and Warner Bros. Television cancelled production of the show's latest season that was slated to start next week.

Though Sheen initially said he would report for work on Tuesday anyway, he later told Fox Sports Radio with Pat O'Brien he would go back to work unless "the turds" who ran the show were fired.

Meanwhile, he told TMZ on Saturday that he hoped to land $10 million for his memoir about his eight years on "Men."

Sheen also told "GMA" in a text message that he had a $5 million-per-episode deal for a half-hour show on HBO, but a spokesperson for the network said there was "no truth to the claim."

Sheen claimed in a message to People Magazine on Friday that he was clean and sober, despite his erratic rants.







LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

#gastronomia NUTELLA


Works








LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

SAS rescues Libya Britons despite Jeremy Hunt gaffe




The SAS Libya rescue isn’t just good news for families of British oil workers

LAST UPDATED 11:28 AM, FEBRUARY 27, 2011

Of the many sighs of relief emanating from Whitehall after the SAS yesterday pulled off a daring rescue mission, flying back scores of Britons from Libya in two Hercules bombers, one is louder than the rest.

Culture Secretary Jeremy Hunt has more reason than many to be thankful that the mission went off smoothly: as the minister who let slip that the secret plans were going ahead on live radio, he would have been more than red faced if anything had gone wrong.

Hunt made his gaffe as he spoke to presenter Nick Ferrari on London's LBC Radio on Thursday. Apparently unaware that the military really prefer their secret plans to be, um, secret, Hunt said: "The most significant news is the SAS troops that are now ready to spring into action."

Obviously relieved to be able to answer the Government's critics with news that something was to be done, he added: "They are obviously thinking very, very carefully about these 170 trapped oil workers and the issue now is how do we deal with people outside Tripoli rather than inside Tripoli."

The blunder came in the middle of a terrible week for the Government, one in which the unthinkable happened: the Daily Mail and Daily Mirror published interchangeable front pages.

Fulminating over the Foreign Office's apparent failure to organise a flight home for Britons stranded in Colonel Gaddafi's perilously collapsing nation, the Mirror asked: "Is Anyone Actually In Charge?" while its right-wing antithesis resorted to sarcasm, with: "Makes You Proud to Be British!"

Today, though, comes the news that between 150 and 170 UK oil workers, rounded up by the SAS over the last few days, were yesterday scooped up from the desert by two RAF Hercules bombers and taken to Malta (above), from where they will fly home later.

One of the workers, Glyn Jones, said: "It was a very surreal experience. The last thing we expected to see was a Hercules landing.

"All the guys made phone calls to one another in their different locations and tried to get as many as possible together at the airport. There were some soldiers there, they just took names, everything was very relaxed."

It was good news for the workers' families and for Jeremy Hunt. The bad news is that around 300 more Britons are thought to still be stranded in Libya.









LAST

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters