[Valid Atom 1.0]

sábado, 14 de novembro de 2009

Medical helicopter crash kills 3 in California

(CNN) -- A medical helicopter crashed early Saturday near Doyle, California, killing all three people on board, a Federal Aviation Administration spokesman said.

Ian Gregor said the Aerospatiale AS350 helicopter was returning to Susanville, California, from dropping a patient in Reno, Nevada, when it crashed near Doyle around 2 a.m.

All three people on board the helicopter, which was operated by Mountain Life Flight, were crew members, Gregor said. He said the crash impact and subsequent fire destroyed the aircraft.

It was not immediately known what caused the crash.

FAA and National Transportation Safety Board investigators will be on the scene on Saturday, Gregor said.

Doyle is about 45 miles northwest of Reno.




Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Social merchandising in Brazil




Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Power restored in Brazil after blackouts


November 11, 2009 2:59 p.m. EST
The power cuts caused chaos across Brazil but authorities said they were unsure what caused outage at Itaipu dam.
The power cuts caused chaos across Brazil but authorities said they were unsure what caused outage at Itaipu dam.
STORY HIGHLIGHTS
  • Electricity returns to central and southern Brazil after power from major hydroelectric dam was lost
  • Neighboring Paraguay, Uruguay report related blackouts
  • Hydroelectric dam provides over 20 percent of Brazil's energy

Rio de Janeiro, Brazil (CNN) -- Electricity returned early Wednesday to a large swath of central and southern Brazil that was plunged into darkness when power from a major hydroelectric dam was lost.

Up to 18 of Brazil's 26 states were left without power when electricity from the Itaipu dam was interrupted around 10:15 p.m. (7:15 p.m. ET) Tuesday, leaving Sao Paulo, Rio de Janeiro and other cities in darkened chaos.

Hundreds of people were trapped in elevators. Subways, trains and buses stopped running their routes. Video showed long snaking lines of cars at a near standstill on the roads, their headlights the only illumination.

The outage also led to medical emergencies, with a report in Sao Paulo of neighbors having to rescue someone who breathes with the help of a ventilator but the back-up battery was running low.

Police also reported increased robberies and looting related to the blackout. Authorities in Rio de Janeiro and other cities stepped up enforcement.

Officials said up to 60 million of Brazil's nearly 200 million residents were pitched into darkness.

"I thought, 'How is this happening?' " said Rio de Janeiro resident Wesley Ferreira. "All of Copacabana is black."

Power was restored to most of Brazil by 6 a.m. (3 a.m. ET), the government-run Agencia Brasil news agency said.

But some water-treatment plants remained affected Wednesday. Authorities in Sao Paulo reported that 3 million residents in the metropolitan area remained without water, down from a previous 6.7 million. Sao Paulo is the largest municipality in South America, with about 11 million inhabitants in the city and nearly 20 million in the metro area.

The Itaipu dam, one of the world's largest hydroelectric facilities, is shared by Brazil and Paraguay, which also lost power. Neighboring Uruguay also reported outages. Itaipu provides more than 19 percent of Brazil's energy and 87 percent of Paraguay's, Agencia Brasil said.

The outage affected 18 states, the UOL Noticias news outlet said, citing Brazil's minister of mines and energy, Edison Lobao.

The states of Sao Paulo, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro and Espirito Santo went totally dark, while Minas Gerais, Mato Grosso, Goias, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Parana, Acre, Rondonia, Bahia, Sergipe, Paraiba, Alagoas, Pernambuco and Rio Grande do Norte were partially affected. The Federal District in which Brasilia, the nation's capital, is located also had outages.

As a point of reference as to how widespread the blackout was, it is about 2,000 miles from the southern tip of Santa Catarina to the northern tip of Pernambuco.

Jorge Samek, the director general of the agency that runs the dam, said the blackouts were caused by a failure in the Brazilian power delivery system, not the hydroelectric plant at the dam. Officials said three transmission lines went out.

Officials said they had not determined an official cause for the power failure, but pointed at the weather. They discounted any type of sabotage.

"Apparently, according to information that we have, it was because of meteorological conditions that were pretty adverse, with strong winds and strong rain at the same time," Lobao said.

Some experts agreed that the electric system should not collapse because of a storm.

"There is a problem," said Luiz Pinguelli, director of the Post-Graduate Engineering Center at the Rio de Janeiro Federal University. "And you can't say under any circumstances that this is due to nature. There is a transmission problem, and the worst part of it is the dimension it takes. That is to say, an accident that can tumble one line is always possible. But for the power to go out in so many cities for such a long time, that shouldn't happen."

Some residents blamed a sudden surge in electricity use as Brazil, which is in the Southern Hemisphere, enters spring and the weather gets warmer.

"Those responsible for the energy supply do not perceive that the weather is changing and that there's a lot of hot weather in the spring," said Rio resident Pabla de Visconti. "Summer promises to be hot, and everyone is turning on air-conditioners and fans."

The nation's ability to handle basic utilities concerns some officials as Brazil prepares to host the World Cup in 2014 and the Summer Olympics two years later.

"I always say that Brazil is a country that is growing much, that everyone takes pride in, that is talked about favorably in the rest of the world, but that has a Third World infrastructure," said Adriano Pires, director of the Brazilian Center for Infrastructure.

"When we have consumption peaks, there are blackouts. If the government does not invest in infrastructure, the problems will be more serious each time. It will lead to the strangulation of economic growth and could embarrass the country in events like the World Cup and the Olympics."




Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Consórcio terá de indenizar vítimas "se for comprovada falha" em obras, diz governo

como assim, não houve falhas?!

Ah! Claro hove acerto, as vigas acertaram as vitimas , da incompetencia, da imprudencia...

Acidente em viaduto do Rodoanel deixou três pessoas feridas.
Três vigas de concreto caíram sobre a Rodovia Régis Bittencourt.

Do G1, com informações do SPTV


O governo do Estado de São Paulo informou que o consórcio responsável pelas obras do Rodoanel terá de indenizar as vítimas, se ficar comprovada a responsabilidade das empresas no acidente que ocorreu na noite de sexta-feira (13) quando três vigas de concreto de um viaduto em construção caíram sobre a Rodovia Régios Bittencourt. Três pessoas ficaram feridas.

Veja o site do SPTV

O viaduto tem 680 metros. Cada viga tinha 45 metros de comprimento e pesava 85 toneladas. Elas despencaram de uma altura de 20 metros, atingindo dois carros e um caminhão.



O Instituto de Criminalística vai investigar as causas do acidente. Técnicos do órgão estiveram no local do acidente na manhã deste sábado para avaliar a área. Eles vão analisar se as vigas estavam bem presas no viaduto.

Ainda de madrugada, o diretor de engenharia da Dersa, Paulo de Souza, empresa do governo responsável pelo Rodoanel, apresentou a primeira hipótese para o acidente. “Das três vigas, uma está totalmente inteira. Ela não se rompeu. Caiu por um efeito dominó. Uma deve ter se rompido e acarretado a queda das outras duas” afirmou.

O secretário estadual de transportes, Mauro Arce, reconheceu que outras vigas apresentaram problemas durante o transporte para o local da obra. Essas vigas não foram usadas na construção. "Uma das vigas que estavam sendo deslocadas para lá sofreu um processo desse tipo e apareceu uma rachadura grande. Evidentemente essa viga não foi colocada".


O governo do estado diz que o cronograma de obras do Rodoanel está mantido e que a fiscalização vai continuar da forma como já vinha sendo feita.

Vítimas

Uma das vítimas Carlos Fernando Rangel, de 38 anos, foi transferido, na noite deste sábado (14), para um hospital particular em Moema, na Zona Sul da capital. Segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde, a transferência para o Hospital Alvorada foi feita a pedido da família da vítima. Rangel sofreu uma fratura no punho esquerdo e foi submetido a uma cirurgia na madrugada deste sábado. Ele estava internado no Hospital Geral de Itapecerica da Serra.

Outra vítima do acidente, Reginaldo Aparecido Pereira, de 40 anos, teve politrauma e está internado no Hospital Geral de Pirajussara, em Taboão da Serra, na Grande São Paulo. Segundo um boletim médico divulgado na noite deste sábado pela secretaria, seu estado de saúde é considerado bom.

A terceira vítima, a bancária Luana Augusto Coradi, de 21 anos, foi atendida no Pronto-Socorro de Embu e liberada por volta de 3h.

Foto: Editoria de Arte/G1

(Ilustração: Editoria de Arte/G1)







Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

"Do Começo ao Fim"

Julia Lemmertz paticipa de lançamento de filme

Atriz estrela o longa "Do Começo ao Fim"

Sonia Vieira

Celso Akin / AgNews
Julia Lemmertz clicou com ao lado do diretor do filme Aluizio Abranches e dos atores Rafael Cardoso e João Gabriel Vasconcellos

Julia Lemmertz paticipou da abertura do 17º Festival Mix Brasil de Cinema, que aconteceu no Cinesesc, nesta quinta-feira (12), em São Paulo. Ela contou que veio para a capital paulista especialmente para o evento, mas que vai aproveitar o fim de semana para prestigiar a filha, Luísa Lemmertz, que está em cartaz com a peça "Cacilda", no Teatro Oficina.

Já o caçula, Miguel, ficou no Rio de Janeiro, com Alexandre Borges, marido da atriz. "Olha, e é ele que está ligando. Posso falar com ele? Eu amo o meu marido", disse a atriz durante a entrevista a QUEM.

A atriz estrela o longa "Do Começo ao Fim", junto com Fábio Assunção, Rafael Cardoso e João Gabriel Vasconcellos. Marco Nanini, do seriado "A Grande Família" esteve na plateia.

Na produção cinematográfica, dirigida por Aluizio Abranches, Julia é mãe de dois irmãos de pais diferentes que se apaixonam e decidem assumir o romance. Sobre o longa com tema polêmico, a atriz comentou: “Trata-se de uma história de amor às avessas. Acredito que cada um sabe o que faz e cabe somente a pessoa a julgar seus próprios atos. O filme traz um enredo de amor.”




Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Ministra-candidata capricha no figurino popular, nos abraços, choros e sorrisos. Resultado: está cada vez mais irreconhecível

Jorge Felix

FOTOS: SILVA JUNIOR/FOLHA IMAGEM
SIMPATIA Dilma dá o primeiro chute e abraça operários: esforço para mudar imagem

Aliteratura de cordel, em sua aparente ingenuidade, tem o poder de revelar o mundo real com imensa perspicácia. Os versos ao lado são de autoria da sagacidade do repentista Zé Piaba. Em apenas duas sextilhas, o poeta cearense conseguiu desvendar a falácia do marketing político - um espelho falso que tende a refletir uma imagem artificial dos políticos à medida que avança a campanha eleitoral. No caso, o reflexo é o da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, a candidata oficial. Dilma tem sido cada vez menos a Dilma que todos conhecem desde sua chegada ao poder em 2003. Aquela de poucos sorrisos, sisudez e pulso tão firme a ponto de provocar distância - sobretudo de seus subordinados. Essas qualidades conferiram veracidade ao título que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva queria pregar-lhe, o de "mãe do PAC" ou, como alguns preferem, o de "gerentona".

Esta semana, porém, a ministra chutou bola de futebol em um estádio de Araraquara, posou de capacete ao lado de operários do Hospital-Escola de São Carlos (interior paulista) e abandonou o formalismo em reuniões políticas e eventos públicos. Encheu os fotógrafos de sorrisos. Abraçou, beijou e espantou pelo bom humor. Há algumas semanas tem sido assim. Por onde passa, Dilma tem suscitado interjeições de espanto por apresentar uma personalidade tão simpática (embora, em algumas fotos, seja traída por sua expressão).

"O mais surpreendente foi o estado de espírito dela, em alto-astral", testemunhou o deputado Mário Heringer (PDT-MG), que esteve com ela em Minas Gerais, no início do mês. Era a Dilma versão popular em plena atuação. Irreconhecível. O PT discorda de que começa a nascer uma Dilma desvinculada da verdade. "A Dilma pode ter uma imagem de gerentona, dura, antipática, o que for, para a imprensa e algumas pessoas, mas eu a acho um doce. Então,qual imagem prevalece?", questiona o líder do partido na Câmara dos Deputados, Cândido Vaccarezza (SP). Como ilustração para sua tese, ele conta que Dilma conheceu sua mãe, uma senhora de 74 anos, em recente viagem a Feira de Santana. "Minha mãe me contou que a Dilma passou a mão no rosto dela e elogiou seu belos olhos. Esta é a Dilma fora do gabinete da Casa Civil", contou Vaccarezza.

Ele reconhece, porém, que este é o momento de formação de uma nova imagem para a candidata. "A imagem só está sendo construída agora", afirma.

E antecipa: "Na campanha, ela será superexposta e o povo verá uma ministra atenciosa, simpática, afável, gentil e que sabe ouvir." A oposição tem outra imagem de Dilma. "A ministra corre um sério risco", acredita o líder do DEM, senador José Agripino (RN). Segundo ele, num primeiro momento o efeito pode ser positivo, mas "se o eleitor concluir que a nova imagem de Dilma é artificial, pode se sentir ultrajado".

A análise de José Agripino recebe apoio de quem está fora do papel de oposição e conhece bem o sentimento do eleitor. "Um deslocamento de sua imagem para torná-la mais atraente às vezes pode funcionar mal", afirma o presidente do instituto Vox Populi, Marcos Coimbra. "Se vier a ser percebida pela opinião pública como uma invenção de campanha, a emenda pode ser pior do que o soneto. Ninguém passará a votar em Dilma por ter visto a ministra abraçar criança", completa. Na avaliação de Coimbra, é um equívoco o PT investir no estereótipo feminino predominante e procurar apresentar Dilma à população como alguém dócil, com emoções e sentimentos.

Um dos alicerces da construção desta personagem tem sido o reforço do tom religioso. Militante trotskista na década de 1960, Dilma fez um périplo por todas as religiões e até chorou na festa do Círio de Nazaré. Segundo sua assessoria, nada disso significa um esforço artificial - ou eleitoral.

FOTOS: SILVA JUNIOR/FOLHA IMAGEM

Na terça-feira 20, no entanto, a versão popular de Dilma foi obrigada a conceder algumas horas à realidade dos problemas concretos que a candidatura enfrentará nas urnas. Em sua sala no Centro Cultural Banco do Brasil (sede provisória do governo federal), a ministra prestou depoimento à Justiça no caso do Mensalão como testemunha dos ex-deputados Roberto Jefferson (PTB-RJ) e José Janene (PP-PR), dois dos 39 réus do processo. Ali, longe dos holofotes, ela voltou a ser a Dilma que todos conhecem: altiva e sem medo de dizer o que realmente pensa sobre as pessoas. "Acho que o [José] Dirceu foi uma pessoa injustiçada", disse a respeito de seu antecessor no cargo, apontado como o chefe da quadrilha do pagamento de propina a parlamentares em troca de apoio ao governo, escândalo revelado em 2005. Dilma também defendeu outros petistas acusados de se beneficiar do esquema, como o Professor Luizinho (SP) e Paulo Rocha (PA) e negou a existência do Mensalão. Resta saber o que o poeta repentista diria sobre isso.




Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Paraíso sustentável



Como Samso, na Dinamarca, tornou-se a primeira ilha do mundo a consumir apenas a energia que produz

Luciana Sgarbi

foto: Heribert Proepp er/AP
NOVO CENÁRIO O mar ao redor da ilha é pontuado por turbinas eólicas

O lugar é um convite à integração com a natureza. A grama verde, o céu azul e o forte vento são traços marcantes da ilha dinamarquesa de Samso. Quando se olha para a frente, o tempo parece passar tão lentamente quanto as bicicletas antigas que rodam na cidade. Quando os olhos miram o alto, a revolução verde viaja a 100 km/h. São as gigantescas turbinas eólicas que, suspensas a 50 metros de altura, usam o vento para gerar energia suficiente para a população de pouco mais de quatro mil habitantes. É o lugar mais limpo, ecológico e energeticamente autossustentável do planeta.

“Costumo usar o exemplo de Samso como uma forma ambiciosa de lidar com os desafios energéticos dos EUA para acabar com a dependência dos combustíveis fósseis”, diz Randy Udall, célebre ativista ambiental e exdiretor da organização não governamental Core (sigla em inglês para Escritório Comunitário para a Eficiência de Recursos). Assim como ele, governantes de diversos países estão visitando a ilha para aprender a viver verde – por todos os seus lados, a sustentabilidade está presente. A cada hora a energia eólica é convertida em 463 quilowatts de eletricidade, suficientes para fornecer energia para 600 casas. Os alimentos consumidos são colhidos de hortas caseiras ou comprados de produtores locais. Tudo é orgânico. As bicicletas estão no topo da lista dos meios de transporte. Os quatro mil turistas que visitam a ilha todos os anos não sentem dificuldades em se adaptar às regras.

A arquitetura local também contribui. As casas são feitas no estilo clássico europeu, com madeira e tijolos. Painéis solares e usinas movidas a palha e lascas de madeira garantem 70% do aquecimento da água. O ciclo estaria completo se Samso não precisasse das três balsas movidas a diesel que ligam a ilha ao continente. Os moradores ressaltam, porém, que compensam essa emissão de carbono com a energia gerada pelas dez turbinas eólicas espalhadas no mar, sem contar outras 11 localizadas em terra.

foto: Heribert Proepp er/AP

a palha e lascas de madeira garantem 70% do aquecimento da água. O ciclo estaria completo se Samso não precisasse das três balsas movidas a diesel que ligam a ilha ao continente. Os moradores ressaltam, porém, que compensam essa emissão de carbono com a energia gerada pelas dez turbinas eólicas espalhadas no mar, sem contar outras 11 localizadas em terra.

Em Samso, fatura-se com o vento.

Os moinhos eólicos pertencem a investidores particulares, como o fazendeiro Jorgen Tranberg, ao governo ou a cooperativas que compraram cotas para financiar sua construção. “Ninguém faz um investimento só para se divertir. Sustentabilidade gera dinheiro”, diz Tranberg. Há seis anos, ele viu nas turbinas eólicas uma mina de ouro. Pediu um empréstimo de US$ 3 milhões para comprar a sua e agora tem um lucro anual de 8% e um faturamento de US$ 300 mil. “Ganhei dinheiro ajudando a poupar a natureza”, diz.

Tranberg. Há seis anos, ele viu nas turbinas eólicas uma mina de ouro. Pediu um empréstimo de US$ 3 milhões para comprar a sua e agora tem um lucro anual de 8% e um faturamento de US$ 300 mil. “Ganhei dinheiro ajudando a poupar a natureza”, diz.

foto: Heribert Proepp er/AP

O modelo de sucesso ambiental de Samso repercutiu na Arábia. A cidade planejada de Masdar, em Abu Dhabi (o maior de todos os sete Emirados Árabes), pretende ser a primeira autossustentável do mundo. Ela deverá estar concluída em 2014 e minimizará as necessidades energéticas, não queimará combustíveis fósseis, ficará livre de emissões de gás e consumirá apenas energias renováveis. O projeto inclui a construção de uma grande central elétrica fotovoltaica, capaz de fornecer a energia necessária aos trabalhos de construção. Uma fábrica de hidrogênio será montada para abastecer os carros. E, além disso, turbinas eólicas como as dinamarquesas suprirão a demanda de energia local. Samso já fez escola.




Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Comissão de Anistia dirá se Paulo Freire foi vítima da ditadura militar

FOTOS BIO BARREIRA/AG. ISTOÉ; MURILLO CONSTANTINO/
Ricardo Boechat
FOTOS BIO BARREIRA/AG. ISTOÉ; MURILLO CONSTANTINO/

DIREITOS HUMANOS
Até que enfim

No dia 26, em Brasília, a Comissão de Anistia dirá se Paulo Freire foi vítima da ditadura militar. Quem conhece o mínimo de nossa história sabe o resultado desse julgamento. Doze anos após sua morte, a sessão terá a presença de Anita Freire, viúva do educador. A ela serão pagos atrasados e uns R$ 4 mil mensais, valor médio do salário de um professor em universidade federal.




Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

O Impeachment de Rosane ex-Collor







Piti Reali
Na última proposta de acordo, Collor ofereceu R$ 12 mil mensais: “Da noite para o dia, ela ficou simplesmente sem nada”, diz o decorador Carlos Ostronoff,
amigo do casa



Depois de 21 anos de casamento, a ex-primeira-dama recebeu de surpresa, na mansão de Maceió, 101 caixas com seus pertences, teve cartões de crédito e cheques cancelados, virou evangélica e agora briga para ter 50% do patrimônio de Fernando Collor
Texto: Rodrigo Cardoso


Ana Paula Paiva /  Piti Reali
Collor na sua casa em São Paulo, onde Rosane não pode mais entrar. “Tudo o que era dela – roupas, bolsas, sapatos – e estavam nas casas de São Paulo, Brasília e Miami, o Fernando encaixotou e mandou para Maceió”, conta uma amiga dela
Era o mês de abril e fazia 15 dias que Fernando Collor não aparecia na mansão do bairro de Murilópolis, em Maceió. Rosane Collor estava na casa da irmã, Rosânea, quando seu celular tocou. Do outro lado da linha, Ana, a empregada do casal, despachou rapidamente a novidade:

– Dona Rosane, tem um caminhão da Granero aqui. Chegaram
caixas para a senhora vindas de São Paulo. E são muitas caixas. Cento e uma!

Rosane voou para casa, viu as caixas e ligou imediatamente para a residência que o casal mantinha em São Paulo. Miguel, o copeiro da mansão alugada no bairro do Morumbi, transmitiu um recado tão duro quanto irônico:

– O patrão tinha dado essa ordem: de encaixotar tudo e não avisar nada. Era uma surpresa que o patrão estava fazendo para a madame – disse, informando ainda que, a partir daquele momento, Rosane estava proibida de entrar na residência do Morumbi.

“Tudo o que era de Rosane – roupas, bolsas, sapatos – e estavam nas casas de São Paulo, Brasília e Miami, o Fernando encaixotou e mandou para ela em Maceió”, conta uma confidente da ex-primeira-dama que acompanhou toda a separação desde o primeiro dia. “Rosane caiu em desespero, começou a chorar, não entendia porque ele havia feito aquilo. Ele praticamente a expulsou.” Pior: segundo esta pessoa, Collor devolveu os pertences de Rosane menos as jóias.

Sete meses sem se falar

Depois de 21 anos convivendo juntos na alegria (da eleição para a Presidência da República, das viagens ao redor do mundo e de um casamento folclórico no Tahiti), na tristeza (do impeachment, de uma gravidez interrompida e de dois insucessos num tratamento de fertilização) e na doença (uma crise de depressão) foi assim, avisada pelo telefone pelos empregados, que Rosane Malta Collor de Mello, 40 anos, soube que seu casamento com Fernando Affonso Collor de Mello, 56, chegara ao fim. Na próxima semana se completarão sete meses que Guidu e Quinha, como se tratavam na intimidade nos tempos da paixão, conversam apenas por meio de seus advogados.

A turbulenta separação pegou os amigos de surpresa. A personal stylist Beth Szafir recorda a harmonia do casal. “Fernando era um príncipe com ela e em contrapartida ela o tratava superbem. Nunca vi nenhuma amiga minha, nem família, ninguém ter tanta consideração pelo outro”, diz. “Então, quase caí de costas quando soube. Não entendi nada e continuo não entendendo.” Talvez por isso, Rosane tenha acreditado que esta briga, apesar do gesto espetaculoso de Collor, seria passageira. “Ela deixou vários recados no celular de Fernando. Dizia: ‘Vamos terminar como começou: de uma forma bonita. Pelos 21 anos de relacionamento, me dê o direito de pelo menos uma conversa’”, conta uma pessoa próxima a Rosane.

Compartilhando da esperança inicial de Rosane, muitos amigos e parentes tentaram interceder. O decorador paulista Carlos Ostronoff, amigo do casal há seis anos, foi um deles. “Tentei ligar para o Fernando”, conta. “Não queria fazê-los voltar, mas uma intermediação para acabar com esse clima. Ligava, falava com assessores dele, mas Fernando não me atendeu mesmo.”

Duas sobrinhas prediletas do ex-presidente foram mais incisivas na abordagem. Rafaela e Gabriela, uma filha da irmã e outra filha do irmão de Rosane, foram ao prédio da Gazeta de Alagoas, o jornal da família Collor, em Maceió. Saíram de lá chorando, sem nem terem sido recebidas pelo tio. Gabriela ainda escreveu uma carta, colocou-a dentro de um envelope cor-de-rosa e pôs por baixo da porta do apartamento do primo Arnon, onde Fernando se encontrava. “Gabriela falava do amor que ele tinha por ela, do carinho e respeito que ela sempre teve por Fernando”, conta uma amiga do casal. “Dizia que a tia estava mal e pedia que, pelo menos, ele atendesse as ligações dela.”

Na verdade, há pelo menos dois anos a relação entre Fernando e Rosane Collor vinha se desgastando. Além dos insucessos nas tentativas de gravidez que deixaram à ex-primeira-dama um pouco deprimida, Rosane, como conta uma fonte ligada a ex-primeira-dama, irritava-se com o fato de o ex-marido querer ostentar um padrão de vida que não tinha mais. “Ela brigava muito com ele por causa disso. Ele usava indevidamente cartões de crédito e deixava de pagar funcionários. Mandou pintar a casa de São Paulo e não pagou o pintor. Mas queria que a Rosane só usasse do melhor”, conta. “Ela ficava muito nervosa com isso. A Rosane queria ter uma vida mais dois pés no chão”, confirma o decorador Ostronoff.

Pacto Nupcial

Chateou muito Rosane o fato de Collor ter vendido, há cerca de dois anos, a residência do casal em Miami e “não ter dado a chance dela ir na casa se despedir”, como relatou um familiar. Mas a crise se instalou de vez após a morte da mãe de Rosane, em maio de 2004. Ela entrou numa depressão que a fez perder 8 quilos e lhe tirava a vontade de sair do quarto. “Rosane começou a rejeitar o Fernando. Evitava o contato. Dizia que ele era um traidor, um monstro, que tudo que falavam dele era verdade, que não tinha mais admiração por ele”, relata uma confidente de Rosane.

Antes da missa de sétimo dia da mãe de Rosane, Collor mostrou preocupação com o estado da mulher ao falar por telefone com os decoradores Carlos Ostronoff e Fernando Rodrigues Alves, que estavam indo para Maceió. “É bom vocês virem mesmo. Quem sabe a Rosane se anima, porque ela não está saindo do quarto”, disse. “Nós fomos e conseguimos tirá-la do quarto”, diz Ostronoff. Recuperada do luto, Rosane não abandonou a idéia de se separar. Antes de Fernando completar 55 anos, em agosto do ano passado, parentes dela disseram, numa conversa no escritório da mansão do ex-presidente, em Maceió, que queriam discutir a partilha dos bens. “Não quero me separar. Ela é a mulher da minha vida, está nessa fase depressiva, mas não quero me separar de jeito nenhum”, teria afirmado Collor, segundo o relato de uma pessoa ligada à família. A um desses parentes, o ex-presidente apresentou outro motivo para demovê-la da idéia: “Ela não tem direito a nada”, contou. “No dia em que nos casamos, ela e o pai dela assinaram um pacto abrindo mão de tudo o que eu tivesse. Vou dar a ela o que eu quiser.”

Um dos parentes pediu uma cópia desse documento e mandou chamar imediatamente Rosane, que se encontrava no quarto. “Diga.
O que é?”, falou ela, já no escritório. Fernando confirmou o pacto, Rosane negou e começou a chorar: “Não é possível que você que você fez uma barbaridade dessa, uma monstruosidade comigo. Que pacto é esse?”. A pessoa próxima de Rosane garante que ela desconhecia o teor do documento revelado pelo ex-presidente: “Ela foi casar, na hora assinou e não leu nada. Achou que fosse separação de bens – o que tinham antes do casamento seria de cada um e o que construíssem juntos 50% para cada”.


“Ela me disse que havia assinado, junto com o pai, um pacto no dia do casamento. Mas que não sabia que havia assinado aquilo”, confirma o decorador Ostronoff. “Contado por ela, isso foi um choque, um tiro no coração.” Rosane passou a acreditar que o marido fosse anular o pacto. Os dois comemoraram juntos seus aniversários de 2004 – o dele em agosto e o dela em outubro – e o Réveillon. Mas a ex-primeira-dama confidenciou a um familiar que daria um prazo até o Carnaval de 2005 para Fernando cancelar o pacto ou colocar bens no nome dela, para que se sentisse mais segura.

Em março, segundo uma amiga, como Fernando se recusava a anular o documento, Rosane teria dito: “A partir de hoje, como você diz que não vai anular o pacto, vou tirar a aliança e vou sentir que não sou mais casada com você. E vou contratar um advogado” .

Rosane contratou como advogado o presidente da OAB de Maceió, Marcos Melo – que na segunda-feira 17 foi substituído por Everaldo Patriota, vice-presidente da OAB local – e viajou para a casa do casal, em São Paulo. “Na quarta-feira da Semana Santa (final de março), Rosane ligou para o Fernando, dizendo que iria ficar em São Paulo e não voltaria para Maceió”, conta uma pessoa amiga do casal. “Fernando pediu para que ela o deixasse ir para São Paulo. Rosane negou.” O ex-presidente argumentou ainda que ela estaria no testamento. A um familiar, Rosane desabafou: “Testamento? Você acha que sou louca? Se não me deu em vida, vai me dar em morte?”. Dias depois, quando ela finalmente retornou a Maceió, ele havia saído de casa.

Incompatibilidade de Gênios

Tantos contratempos nos meses anteriores à decisão de se separar devem ter ajudado Fernando Collor a se manter obstinadamente irredutível em relação aos apelos de familiares e amigos para que voltassem a se falar. Então, poucos dias depois da entrega das 101 caixas, Rosane foi novamente surpreendida na casa de Maceió ao receber o processo que tratava da separação litigiosa e da oferta de pensão alimentícia. Rosane respondeu com novo pedido de reconciliação. “A resposta dele, assinada pelo advogado, foi que não havia possibilidade de reconciliação por incompatibilidade de gênios e porque ele estava amando outra mulher”, conta uma amiga de Rosane.

Depois da briga da Semana Santa, Collor passou um período na casa do filho Arnon e na seqüência comprou um apartamento na praia de Ponta Verde em Maceió. O local precisava de uma reforma e Fernando contratou os serviços da arquiteta Caroline Medeiros, 28 anos, com quem passou a namorar logo depois. Como foi revelado há duas semanas por Gente, Caroline está grávida de pouco mais de um mês do ex-presidente. Fernando, que depois da confirmação da gravidez viajou à Europa com a nova mulher e, já de volta, não retornou telefonemas nem e-mail da reportagem, torce, segundo amigos, por uma menina.

Quando Rosane soube pela imprensa que o ex-presidente estava namorando Caroline, não conteve uma certa histeria. A família chamou um médico. “Ela ficou um dia no hospital, tomou soro na veia, entrou em depressão e um pastor foi até lá orar por ela”, conta um familiar. “Até hoje vai ao psicólogo todas as segundas-feiras à tarde.” Depois do choque de ver Rosane no hospital, a família se reuniu e mandou um recado para o advogado de Collor, dizendo que, se acontecesse alguma coisa a ela, o responsável seria ele. “Até um mês atrás, dormia sempre uma sobrinha ou alguém com a Rosane. Sozinha, de jeito nenhum!”, conta uma pessoa próxima de Rosane. “Todos os vigias da casa são do Fernando. Os empregados também são de confiança dele. Vai saber o que ele poderia fazer.”

Na réplica ao pedido de reconciliação feito pelo advogado de Rosane, Collor foi ainda mais duro. “Dizia que ela não achasse que a casa de Maceió fosse dela, porque é de propriedade dele. E que bastava ela atravessar a rua que havia uma propriedade da genitora dela e ela podia se mudar para aquela casa”, conta uma pessoa que leu o documento. Era junho e fazia pouco mais de um ano que Rosane tinha perdido a mãe. Ela, o pai, João Alvino Malta, e um dos dois irmãos de Rosane leram o processo juntos e choraram ao chegar nesta parte.

Só depois deste episódio Rosane perdeu a ilusão de que aquilo não seria mais uma briga eventual e caiu na real. As 101 caixas passaram cerca de dois meses fechadas num canto da mansão de Maceió. Depois de abri-las, a ex-primeira-dama separou algumas peças para ela, deu outras e distribuiu muitas de grifes famosas para um bazar beneficente de igrejas evangélicas – ela tornou-se evangélica há cinco meses e vai à igreja El Shadai toda semana. “Estou chateado com o Fernando, não por ele ter se separado da Rosane. Mas pela maneira, a forma, a humilhação que ela está passando”, afirma Ostronoff. “Não sei o que seria da Rosane se não tivesse entrado para essa religião. Não teria estrutura para segurar esse rojão todo.”

Sem cheques e cartões de crédito

“Fernando retirou todos os cartões, cheques, até comida para os cachorros, gasolina do carro”, conta uma pessoa íntima de Rosane. “Ela agüentou os tubos e agora está jogada às traças”, diz Ostronoff. “É a palavra mais certa. Ela tá abandonada, da noite para o dia ficou simplesmente sem nada. Ela está sem jóias, cartões de crédito, cheque, tudo”, conta Ostronoff.

Uma audiência para analisar o processo de separação foi marcada para o próximo mês na Vara de Família de Maceió. Antes disso, Fernando tentou um acordo. Por meio do advogado ofereceu R$ 12 mil mensais, um apartamento e um carro para Rosane, que recusou a proposta. Ela quer metade dos bens – imóveis, carros, participação na organização Arnon de Mello. “Fernando disse, em processo, que ganha R$ 25,8 mil (mensais) e por isso depositaria 20%, R$ 5,2 mil (por mês, à Rosane)”, diz uma pessoa próxima à ex-primeira-dama. É com este dinheiro que ela toca a vida. “Fernando deixou pra ela um carro velho Chrysler. E quem mantém a casa é o pai dela.”

“Faço com que ele vá para a cadeia”

Rosane está muito ansiosa pela audiência. Segundo Ostronoff, quer refazer a vida como o ex-marido e ex-presidente vem fazendo. Seu primeiro passo foi se filiar ao PMR (Partido Municipalista Renovador). Pensa em sair candidata a deputada federal na eleição do próximo ano. Não quer, porém, dar espaço para candidatos a um novo relacionamento. Uma fonte ligada a Rosane conta que, quando a ex-primeira-dama viu a foto de Fernando e da namorada numa revista, desabafou exaltada com parentes: “Uma só palavra e faço com que ele vá para a cadeia”. Essa fonte diz que Rosane recebeu um recado de Collor, via advogados: “Se ela falasse algo, iria ter problemas, que ele retiraria os advogados dos processos que ela tem da época da LBA (Legião Brasileira de Assistência, que ela presidiu, e responde a denúncias de irregularidades)”. A questão principal da separação de Collor e Rosane, portanto, não está no futuro do casal, mas no passado – e por ele os dois estão comprometidos para sempre.


Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

"Imposto de renda de Collor É Ficção"










Rosane diz que o ex-marido esconde bens da Receita Federal e pede sua prisão à Justiça

Hugo Marques

fotos: ana paula araripe/ag. o globo; wilson pedro
SEM BENS Rosane em sua casa em Maceió: "As coisas vão vir à tona. É questão de justiça"

Com a pensão atrasada há um ano, Rosane Malta pediu a prisão de seu exmarido, o ex-presidente e senador pelo PTB, Fernando Collor. O processo corre na Justiça de Alagoas, mas quatro juízes se afastaram do caso. "Ele é o único que eu conheço que não vai para a cadeia nessa situação", diz Rosane.

Ela também quer dividir os bens que conquistou enquanto assinava o sobrenome Collor, que são calculados por seu advogado, Joathas Lins de Albuquerque, em mais de R$ 100 milhões. Há três meses, Lins procurou o senador Pedro Simon (PMDB-RS), que havia discutido com Collor no plenário, para narrar "assuntos gravíssimos". Simon entendeu que o advogado oferecia um dossiê e não quis conhecer o conteúdo. Nesta entrevista à ISTOÉ, ela acusa Collor de sonegar bens nas declarações à Receita Federal. "O Imposto de Renda dele é ficção", diz.

ISTOÉ - A sra. tem um dossiê de acusações contra o senador Collor?
Rosane Malta - Prefiro não responder a esta pergunta.

ISTOÉ - A sra. tem feito declarações contra ele e, em Brasília, pessoas ligadas ao ex-presidente acham que é chantagem.
Rosane - Não fiz chantagem coisa nenhuma. Chantagem é se eu falasse coisas que atrapalhassem a eleição dele. Basta ver como vai minha casa: cheia de mato, cinco cachorros para cuidar, iluminação dando problema. Estou pedindo o mínimo para minha sobrevivência.

ISTOÉ - Os fatos que presenciou do ex-presidente, que ele não gostaria que viessem à tona, estão ligados a que assunto?
Rosane - Há várias coisas sobre os anos em que ficamos juntos. Eu estava presente. Prefiro acreditar que Deus vai tocar no coração dele, fazê-lo se arrepender e vir conversar comigo.

Não nasci para destruir, nasci para construir. Nada fica oculto. Se ele ainda tem que pagar por alguma coisa do passado, vai pagar.

ISTOÉ - Sentiu-se prejudicada na divisão de bens?
Rosane - Completamente. São quatro anos e meio que estou lutando. Fomos casados durante 22 anos e construímos um patrimônio. Esse pacto que ele fala que assinei, eu não sabia o que estava assinando. Se eu soubesse que tinha assinado uma coisa dessas, eu teria colocado bens no meu nome nesses 22 anos.

ISTOÉ - A sra. ficou só com a casa em Alagoas?
Rosane - A casa está na briga na Justiça. Não tenho nada ainda.

ISTOÉ - Que bens vocês adquiriram após o casamento?
Rosane - Ele hoje tem 100% das Organizações Arnon de Mello. Foram coisas que adquiriu depois de estar comigo

Ele comprou a parte do Pedro Collor, da Ana Luísa, da Ledinha e do Leopoldo com o dinheiro que tínhamos.

"Ele declarou à Justiça que tinha uma retirada de R$ 25 mil, mas pagava R$ 36 mil de aluguel"

fotos: ana paula araripe/ag. o globo; wilson pedro
EPÍLOGO O casal no fim do poder

ISTOÉ - Qual o valor de todos os bens?
Rosane - Não sei o valor das organizações, que são tevê, rádio, jornal, gráfica. Os bens que ele tem, muitos constam e outros não constam no Imposto de Renda.

ISTOÉ - O ex-presidente declarou ao Fisco, em 2002, um empréstimo de R$ 21 milhões de suas próprias empresas. Em 2006, declarou bens de R$ 4,8 milhões.
Rosane - São coisas que questiono na Justiça. Quando eu recebia R$ 5 mil de pensão, ele declarou à Justiça que tinha só uma retirada de R$ 25 mil, mas somente de uma casa em São Paulo ele pagava R$ 36 mil mensais de aluguel. Mostrei à juíza, falei assim: 'Ou a Justiça é cega ou é louca'.

ISTOÉ - A sra. convenceu a juíza a aumentar a pensão?
Rosane - Ela aumentou para R$ 13 mil. É pouco para mim, em relação ao que ele tem. Tenho um risco muito grande, porque a casa dá para uma favela.

ISTOÉ - Ele realmente atrasou as pensões?
Rosane - Está atrasado. É o único caso que conheço que não dá cadeia. A gente vê Romário e outras pessoas famosas que não pagam pensão e vão para a cadeia.

ISTOÉ - O ex-presidente ficou com as joias da sra.?
Rosane - São joias de 22 anos, que ele me deu, que minhas amigas me davam no aniversário. São uns R$ 3 milhões em joias, da Priscila Szafir, Bvlgari, Cartier, Tiffany. Os quadros ficaram com ele: Portinari, Frida Khalo, Tomie Otake, Fukushima, Fukuda, Scliar. Pintores famosíssimos e caríssimos. Só na casa de São Paulo tinha mais de R$ 2 milhões em obras de arte.

ISTOÉ - A Casa da Dinda, em Brasília, ainda é de vocês?
Rosane - É sim, fizemos uma reforma, arrumamos tudo, está linda. Acredito que a casa vale mais de R$ 10 milhões.

ISTOÉ - Os carros importados entraram nessa divisão de bens?
Rosane - Não entrou carro nenhum. Ele tem um agora que vale R$ 3 milhões, uma Maserati. O que tenho é um Chrysler antigo que não funciona, os pneus estão carecas. Ando num Fiesta 2006. Nos Estados Unidos ficou uma Lamborghini e minha Porsche Carrera, último ano.

ISTOÉ - Como é para uma mulher que andava num Porsche ter que usar um Fiesta?
Rosane - Se eu falar que não é difícil estarei sendo hipócrita. O sofrimento não é pelo fato de você ter tido glamour e deixar de ter, o poder é efêmero, mas é você saber que dedicou a vida a uma pessoa. Quanto constrangimento passei. Em Araxá, uma pessoa jogou um prato de comida nele. Em São Paulo, uma mulher se levantou no restaurante e disse: "Meu marido morreu por causa de você."

ISTOÉ - Os quadros estão na declaração de bens?
Rosane - Claro que não. Deveria, não é? Nem a compra e a venda da casa de Miami. A casa de São Paulo não está. O Imposto de Renda dele é uma coisa impressionante.

ISTOÉ - A sra. quer dizer que o Imposto de Renda dele é fictício?
Rosane - Com certeza. Não tenho a menor dúvida que é ficção.

ISTOÉ - A sra. acredita que ele sonega muito?
Rosane - Com certeza. As coisas vão vir à tona. É uma questão de justiça. Com que dinheiro comprou todas as partes dos irmãos? Como comprou a casa de Miami? Como é que constrói casa em Maceió? Ele tem cobertura em Maceió, tem não sei quantos apartamentos, é um patrimônio altíssimo. Com o salário que ele tem, é impossível. Ele construiu a nova Gazeta, que é uma maravilha. O prédio está lindo.

ISTOÉ - A sra. tem compreensão do real motivo da queda de Collor?
Rosane - Ele foi imaturo. Ele tinha 40 anos, foi prefeito biônico, deputado federal, governador, presidente, não tinha tido derrotas. Ele se achou, como a irmã dele falava, o Rei Sol, o imperador. Ele é prepotente, é arrogante.




Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Fábio Assunção estreia filme que fala de incesto

Drama sem preconceito

Fábio Assunção no filme

Fernando Oliveira do EXTRA

Oito anos depois de interpretar na minissérie “Os Maias” um personagem que se apaixonava pela irmã (Ana Paula Arósio), Fábio Assunção volta ao espinhoso tema do incesto no esperado “Do começo ao fim”, de Aluizio Abranches, com lançamento previsto para 27 de novembro. No longa, Alexandre (Fábio) vê seu filho (Rafael Cardoso) viver um caso de amor com o meio-irmão, (João Gabriel Vasconcelos).

— O roteiro não me chocou. Não classifico a sexualidade como adequada ou não. Creio no desejo como algo inerente à natureza humana. A liberdade de opção é um direito adquirido e respeito muito isso — diz o ator, que participou das filmagens enquanto gravava “Negócio da China” (2008): — Não tive receio nenhum ao aceitar. É um filme que fala de amor acima de tudo.

Apesar de tranquilo em relação ao tema, Fábio acha que a produção deve incomodar muita gente.

— O incesto sempre será um tabu. Aprendemos que é cientificamente catastrófico e moralmente recriminado — afirma o ator: — Nunca tentei me colocar nessa situação. Tenho apenas um filho(João, de 6 anos). O pai que fui no filme teve dificuldade de aceitar no início, mas depois vê que é um sentimento verdadeiro e apoia. Nisso me identifico muito. Apoiaria meu filho em qualquer opção que fizesse na vida. Estarei sempre ao lado dele, incondicionalmente




Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Dia mundial da diabetes


- Número crescente de diabéticos requer atenção da sociedade. Atualmente, são 250 milhões de pessoas em todo o planeta

Fernanda Pamplona

Neste sábado, 14 de novembro, é considerado o Dia Mundial da Diabetes. O tema para debate este ano é “Educar para prevenir”, escolhido a partir da constatação de que muitas pessoas descobrem que estão diabéticas quando já estão com uma série de complicações decorrentes da doença.

O presidente da Associação de Diabéticos de Teresópolis, Rogério da Rocha, explicou que o crescimento do número de doentes tem crescido exponencialmente. “Os temas escolhidos para debate no Dia Mundial da Diabetes visam chamar a atenção de todos para a doença, que tem crescido assustadoramente nos últimos anos. Temos verificado que existem vários diabéticos que não sabem que o são, e é uma doença que requer cuidados”, disse.

Dados estatísticos da Federação Internacional da Diabetes (International Diabetes Federation – IDF) assustam. A cada ano 7 milhões de pessoas desenvolvem diabetes. A cada 10 segundos, uma pessoa morre de causas relacionadas ao diabetes e duas desenvolvem a doença. Por isso, o tema escolhido para este ano, “Educar para Prevenir”, pretende divulgar os sintomas mais comuns e como prevenir a doença. O símbolo da campanha, um círculo azul, foi explicado por Rogério. “A cor é a escolhida pela federação para representar os diabéticos. O círculo, representa a união de todos acerca da doença”.

Em Teresópolis, neste sábado, acontecem algumas ações para a população. Ações da Prefeitura Municipal serão feitas no 2º e 3º distritos, nos bairros de Pessegueiros, Bonsucesso e Água Quente, das 9horas às 16 horas.O objetivo é detectar novos casos e reunir pacientes diabéticos para atendimento e acompanhamento de profissionais. O evento ainda mostrará o que é a diabetes, a prevenção e as complicações. Na Associação, também acontece um encontro, com um profissional para tirar dúvidas da população. O funcionamento da associação, de acordo com Rogério, não seria possível se não houvesse apoio da Secretaria de Saúde. “Temos uma parceria com a secretaria há algum tempo, e isso possibilita o funcionamento da associação. Eles fornecem os insumos que precisamos, as tirinhas para teste, que são importadas e caras, e nós não teríamos como arcar com esse custo.” A associação atende aos diabéticos no Centro Materno, na Secretaria de Saúde, todos os dias das 8h às 12h, fazendo aferição de pressão, verificação da taxa de glicose e orientação de pacientes. “Fazemos trabalhos de conscientização e a reeducação alimentar, e explicamos sobre o uso dos medicamentos”, completou.


Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Brazil blackout cause uncertain, president says

By BRADLEY BROOKS

AP


RIO DE JANEIRO -Brazil's president suggested Friday that bad weather may not have caused a massive blackout that left nearly a third of the population without electricity, saying he'll wait for an investigation to conclude how the outage happened.
President Luiz Inacio Lula da Silva backed off earlier claims by his energy minister that strong storms, wind and lightning caused a failure in transmission lines — after the government's own satellite imagery showed that lightning strikes were neither close enough nor strong enough to cause such damage.
"There must be an investigation that follows all leads to find out what really happened," Silva told reporters in Sao Paulo. "If the system is robust and efficient as we believe, and we produce energy at will, why did we have this disaster?"
The blackout hit 18 of Brazil's 26 states and also left 7 million people without water service after energy from the massive Itaipu dam, the source of one-fifth of Brazil's power, went completely offline. In all, some 60 million people lost power in the nation of more than 190 million.
The blackouts also raised questions about whether Brazil is sufficiently prepared to provide secure energy when it hosts the World Cup in 2014 and the 2016 Olympic Games in Rio de Janeiro.
After the blackout darkened both Rio and Sao Paulo and other key cities Tuesday night, Brazilian Energy Minister Edison Lobao said it was bad weather that took out transmission lines running from Itaipu to two electric substations in Sao Paulo state. Three key transformers short-circuited, he said.
But the National Institute for Space Research said the nearest lightning strikes were six miles (10 kilometers) from any transmission line. Others pointed out that the transformers are built to withstand the heavy rains common in Brazil.
Silva said there are no solid answers yet.
"We're in a stage of searching," Silva said. "When we end this phase we will enter the more objective phase with concrete results."
Silva called for the federal investigation into the causes of the blackout on Thursday, after it became clear many people were unsatisfied with Lobao's explanation.
There were also signs of infighting within the government after the power failure.
Jorge Miguel Samek, the head of Itaipu Binacional, the agency in charge of the dam, said the problem had nothing to do with the hydroelectric project, but with a failure in the transmission lines. But, Furnas Centrais Eletricas, the electric company that oversees the lines, said it had detected no problems with the lines.
Silva called top officials to a meeting in Brasilia on Wednesday afternoon, and they all agreed that bad weather was to blame.
But by Friday, Silva was pushing hard for a thorough investigation to determine the cause.
The blackouts came three days after CBS's "60 Minutes" news program reported that two past Brazilian power outages were caused by hackers.
Lobao declined to directly answer a reporter's question about whether hackers were involved, and Silva knocked down questions about the blackout being the result of sabotage.
"There is no reason for anyone to think that it was a bigger thing than it really was," he said Friday.



Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Drug Lord High on Forbes Power List


MEXICO CITY (Nov. 12) — Forbes magazine named drug lord Joaquin "El Chapo" Guzman — a fugitive reputed to be hiding in the mountains of northern Mexico — to its list of the 67 "World's Most Powerful People" on Wednesday.
At No. 41 on the list, Guzman is ahead of presidents like Russia's Dmitry Medvedev, France's Nicolas Sarkozy and Venezuela's Hugo Chavez.
Skip over this content
Joaquin Guzman
Damian Dovarganes, AP

Fugitive drug lord Joaquin Guzman, seen here in 1993, ranked No. 41 on Forbes magazine's list of the World's Most Powerful People.

Forbes noted Guzman's profession as "drug trafficker" on the list published Wednesday on its Web site.
"This ranking is intended to be the beginning of a conversation, not the final word," the magazine said in accompanying article. "Do despicable criminals like billionaire Mexican drug lord Joaquin Guzman ... belong on this list at all?"
Last March, Mexican officials decried Forbes' decision to include Guzman on its list of the world's billionaires, saying that wrongly compared him to legitimate businessmen. At the time, Forbes' estimated Guzman's fortune at $1 billion
The office of the presidency said it had no immediate reaction to his inclusion on Wednesday's list.
Some Mexicans did not appear surprised by Forbes' decision.
"The drug traffickers have always been powerful," a reader who identified himself only as Julio commented in a discussion of the Forbes article on the Web site of the Mexico City newspaper El Universal.
Guzman reputedly heads one of Mexico's most powerful drug gangs and is considered one of Mexico's most wanted fugitives. The government has offered a reward of 30 million pesos ($2.3 million) for information leading to his capture.
As head of the Sinaloa cartel, Guzman purportedly has legions of hit-men and enforcers at his command. Violence associated with Mexico's drug war has cost more than 13,800 lives since late 2006, when President Felipe Calderon launched an offensive against the cartels.
Calderon's administration has said the violence is a sign not of the cartels' strength, but rather of their desperation and disorganization in the face of the government crackdown.
In March, Calderon railed against honoring drug lords. Without naming Forbes, he said that "magazines are not only attacking and lying about the situation in Mexico but are also praising criminals."
Mexicans had some reason to be pleased, as well.
Another Mexican — telecom magnate Carlos Slim Helu, who Forbes listed as the world's third-richest man — was named No. 6 on the most-powerful list, just five steps behind No. 1, President Barack Obama.
Forbes said Slim Helu's fortune was "equivalent to some 2 percent of Mexico's GDP."



Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Madonna se reúne con mujeres jóvenes de una comunidad pobre


Niños jugando en el Morro Dona Marta . | Reuters

Niños jugando en el Morro Dona Marta . | Reuters

La cantante estadounidense Madonna se reunió en Sao Paulo con un grupo de 24 mujeres con edades entre los 15 y los 21 años de una comunidad de escasos recursos, con quienes dialogó sobre los valores positivos que transmite la doctrina hebrea de la Cabala, practicada por la diva del pop, informaron medios locales.

En su rápida visita a Sao Paulo, Madonna visitó la "Casa do Saber", proyecto de la organización no gubernamental Spirituality For Kids, que atiende en Brasil programas de atención para niños y mujeres pobres bajo la doctrina de la Cabala, detalló el portal informativo R7 de la cadena Record.

El grupo de jóvenes mujeres reside en la favela de Araçoiaba da Serra, una de las más pobres de la capital paulista, y recibe atención de la ONG.

Un día antes en Río de Janeiro, la diva impartió una clase de desarrollo espiritual con los fundamentos de la Cabala a un grupo de 36 niños de una favela carioca.

En medio de un fuerte esquema de seguridad, Madonna llegó hoy a Sao Paulo proveniente de Río de Janeiro en un avión particular del empresario brasileño Eike Batista, considerado el hombre más rico del país y cuyos principales negocios se centran en la siderurgia.

Después de reunirse durante una hora y diez minutos con las jóvenes mujeres y de participar de un almuerzo privado en el famoso restaurante Fasano, Madonna volvió al aeropuerto Congonhas de Sao Paulo para retornar a Río de Janeiro, epicentro de su visita esta semana a Brasil.

En Río de Janeiro, la cantante tiene prevista una cena en la residencia de Batista con el gobernador del estado, Sergio Cabral, y con el alcalde Eduardo Paes.

El viernes, la agenda contempla un encuentro con el empresario Olavo Monteiro de Carvalho para conocer el proyecto educativo del Instituto Marqués de Salamanca (IMDS), auspiciado por la familia Monteiro de Carvalho




Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Rollitos de primavera rellenos de rotweiller


Carne de perro confiscada.|Foto: 2ª Delegacia de Saúde Pública.

Carne de perro confiscada.|Foto: 2ª Delegacia de Saúde Pública.

  • La policía descubre un matadero clandestino de animales domésticos
  • Seis personas fueron detenidas en la ciudad de Suzano

La policía brasileña descubrió el jueves 12 de noviembre un matadero clandestino de perros y gatos en la ciudad de Suzano (región metropolitana de Sao Paulo). En este local, que funcionaba detrás de un taller mecánico, había 70 kg de carne canina congelada y dos gatos muertos. Seis personas fueron detenidas.

Según la policía, un matrimonio mataba a los animales y vendía la carne para restaurantes coreanos en la ciudad de Sao Paulo. La carne de cada animal era vendida por cerca de 200 reales (unos 80 euros).

El consumo de este tipo de carne es común en países como China y Corea del Sur, pero su comercialización está prohibida en Brasil por cuestiones culturales, según el Ministerio de Agricultura.

Con huesos y trozos de carne como cebo, el matrimonio atraía a perros y gatos callejeros a su casa, donde los engordaban hasta que estuvieran con el peso ideal para el sacrificio. La policía confiscó machetes en el matadero. La cabeza y las patas eran incineradas.

En el matadero había cuatro perros vivos -tres poodles y un rotweiller-, pero el matrimonio mostró el certificado de vacunación para probar que eran las mascotas de familia y no serían sacrificados.

Los demás detenidos fueron cuatro coreanos que compraban la carne para sus restaurantes de comida típica. El periódico Folha de S. Paulo mostró en su edición del viernes el menú de uno de esos restaurantes, en el barrio de Bom Retiro (zona céntrica), en el que se ve la foto de un perro.

Según la policía, el matadero clandestino funcionaba desde 2006. Las seis personas detenidas serán denunciadas a la Justicia por crueldad contra animales, formación de bando y crimen contra el medio ambiente.




Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Chávez insiste en prepararse frente a la amenaza de EEUU a través de Colombia



El presidente venezolano, Hugo Chávez, insistió hoy en que el país debe preparar su "defensa" frente a la "amenaza" que significa el estacionamiento de tropas estadounidenses en la vecina Colombia.

"Sería alta traición a la patria que, sabiendo que se prepara una guerra contra Venezuela, nos quedemos con los brazos cruzados. Estamos obligados a prepararnos para defender la patria de Bolívar aunque nos cueste la vida. Esta patria nunca más será colonia" dijo el gobernante al final de una marcha de simpatizantes en Caracas.

La marcha, que tuvo réplicas en varias ciudades del interior, fue organizada por el gubernamental Partido Socialista Unido de Venezuela (PSUV), bajo el lema "contra las siete bases militares yanquis y a favor de la paz".

Para Chávez, no existe ninguna duda de que el acuerdo militar suscrito recientemente por Estados Unidos y Colombia "no tiene nada que ver con la lucha contra el narcotráfico y el terrorismo".

"Las siete bases yanquis forman parte de un plan de guerra, porque desde esas bases el imperio va a controlar toda Suramérica con espionaje electrónico, con tecnología de punta", dijo Chávez.

"Van a grabar conversaciones de todos nosotros, van a saber la posición geográfica de cualquiera que tenga un teléfono encendido, incluso mandar bombas teledirigidas por la señal del teléfono". añadió el gobernante.

También consideró que la política del presidente estadounidense, Barack Obama, no ha supuesto un cambio, como se esperaba, respecto a la que su antecesor George W. Bush estableció con el mandatario colombiano, Álvaro Uribe.

Chávez insistió en que Venezuela está amenazada porque "lo dicen sus propios documentos: son bases desde las que van a planificar milimétricamente, en nuestras narices, cómo lanzarían sus bombas sobre Caracas, las refinerías, la presa de Guri, puestos de mando militares, líneas eléctricas, puentes e incluso un nuevo golpe de Estado".

¡Vayan a lavarse ese paltó!

"Son bases de operaciones de guerra contra Venezuela en primer lugar y así lo denunciamos al mundo. Pero nos acusan a nosotros de promover la guerra. ¡Señores Uribe y Obama vayan a lavarse ese paltó!" (eufemismo por ¡váyanse a la m...!), añadió el presidente, en uno de sus arranques de emotividad.

Chávez repitió que, en este caso, el pueblo colombiano no es responsable de las acciones de su Gobierno y tildó a Uribe de "lacayo, traidor y vendepatria" por haber "entregado el territorio de Colombia a las tropas estadounidenses".

"Nunca un Gobierno de este continente, por más derechista que haya sido, había llegado al extremo de entregar el país al imperio norteamericano, pero algún día el pueblo colombiano será libre otra vez", manifestó Chávez.

"Por eso esperamos que el pueblo colombiano sea capaz de interpretar el momento y no se deje utilizar, porque una cosa es el Gobierno de Uribe y otra cosa es el pueblo colombiano, al que queremos de verdad como a un pueblo hermano, hijo de Bolívar", añadió el presidente venezolano.

Por otra parte, Chávez dijo que Uribe y Obama cuentan con la complicidad de los medios de comunicación internacionales para "tergiversar" la realidad y presentarlo como una amenaza contra la paz, cuando la amenaza son las bases militares.

"Es la oligarquía mediática mundial, la dictadura mediática, la que trata de satanizarnos, de desfigurarnos, de invertir la verdad de lo que está ocurriendo, por eso la tiranía mediática y sus cipayos nos atacan con tanta saña, con tanto veneno", denunció Chávez.

El gobernante insistió en que "no es Venezuela la que amenaza a Colombia, ni Colombia a Venezuela, es el imperio norteamericano el que amenaza a Venezuela utilizando el territorio colombiano".

Igualmente insistió en que su llamado es a la paz, pero convocando al pueblo venezolano que se prepare para responder a los "planes guerreristas" de EE.UU.

Además, Chávez aseguró que la denuncia del "pacto bélico" entre Obama y Uribe cuenta con el "acompañamiento de casi todo el continente", porque es un "pacto para la guerra, un pacto diabólico".




Trânsito em SP pela Rádio SulAmérica








Lula acumula: -Aposentadoria por invalidez,aposentadoria de Aposentadoria por invalidez,Pensão Vitalícia de "perseguido político" isenta de IR,salário de presidente de honra do PT,salário de Presidente da República.Você sabia???

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters