[Valid Atom 1.0]

domingo, 4 de dezembro de 2011

#DR #SOCRATES Socrates Dead: Brazil Soccer Captain At 1982 World Cup Dies At 57


SAO PAULO — On and off the field, former Brazil star Socrates stood out above the rest.
His elegant style and his deep involvement with politics made him a unique figure in Brazilian soccer, setting him apart from the players of his time and even of today.
He was mostly known for captaining Brazil at the 1982 World Cup, regarded by many as the best team ever not to win football's showcase tournament.
But he was also widely known for his heavy drinking, which he publicly admitted caused the health problems which eventually helped lead to his death on Sunday.
The Albert Einstein hospital said in a statement that Socrates died of septic shock at 4:30 a.m. Brazilian time (0630 GMT). He was 57.
Brazilian President Dilma Rousseff said Brazil lost "one of its most cherished sons."
"On the field, with his talent and sophisticated touches, he was a genius," she said in a statement. "Off the field, ... he was active politically, concerned with his people and his country."
Former president Luiz Inacio Lula da Silva also expressed his sadness for the loss.
"Socrates' generous contribution to Corinthians, to football and to the Brazilian society will never be forgotten," said Silva, an outspoken fan of Corinthians, the club where Socrates thrived in the 1980s.

Socrates had been rushed to the hospital a few days ago and had been in critical condition in an intensive care unit with an intestinal infection. He was breathing with the help of a ventilator.
It was the third time in four months that he was hospitalized and placed in intensive care, most recently in September. The first two times he was admitted for a hemorrhage caused by high pressure in the vein that carries blood from the digestive system to the liver.
Socrates never denied his fondness for drinking from the time he was a player in the 1980s, but said he stopped drinking earlier this year after his stints in the hospital.
"Socrates seemed like a player from another era," former Italy forward Paolo Rossi told the ANSA news agency. "You couldn't place him in any category – on the pitch and even more so off it. Everyone knew about his degree in medicine and he had a lot of cultural and social interests as well. He was unique from every point of view."
Indeed, Socrates was like no other on and off the field. He became a doctor after retiring from football and later became a popular TV commentator and columnist, always with unique and controversial opinions.
Since his playing days, Socrates never kept his political ideas to himself and often wrote about the subject in his columns. Known as Dr. Socrates because of his practice of medicine, he was constantly in demand from local media for interviews on varied subjects.
While with Corinthians, Socrates spearheaded a movement called the Corinthians Democracy, in which players protested against the long periods of confinement required by the club before matches. It quickly became a broader protest that coincided with Brazil's fight to overturn a military regime in the 1980s.
The clever, tall full-bearded playmaker also was a member of the Brazilian squad in 1986 in Mexico, but it was in 1982 in Spain that he made history with Brazil, which is known to have had one of the greatest teams in World Cup history but failed to win the trophy. With players like Zico and Falcao, it fell to Italy 3-2 in the second round despite needing only a draw to advance to the semifinals.
"He was a very dynamic player with a sublime foot but most of all great intelligence," added Rossi, who scored a memorable hat trick in that match against Brazil. "Along with Zico and Falcao he was the symbol of that Brazil squad.
Zico said he was honored to have been Socrates' friend and teammate.
"He was a spectacular guy," Zico told the website GloboEsporte.com. "As a player, there is not much to say, he was one of the best that I ever played with. His intelligence was unique, you always expected something good out of him."
Dozens of Brazilian footballers expressed their sadness on Twitter moments after Socrates' death was announced.
"Sad start to the day," retired Brazil striker Ronaldo wrote. "Rest in peace Dr. Socrates."
Former Brazil and Barcelona playmaker Rivaldo added on his Twitter page: "Sad to wake up and find out that Socrates has died."
Reaction came from those outside of football, too, including three-time French Open champion Gustavo Kuerten and three-time Indy 500 winner Helio Castroneves.
"Great guy," Castroneves tweeted. "A Brazilian who will be greatly missed."
NBA player Steve Nash called Socrates a "legend."
"RIP Socrates," the Phoenix Suns' point guard tweeted. "Fascinated by him as a kid. Brazilian World Cup Legend. Playmaker. Goal scorer. Doctor. Philosopher."
The Brazilian football federation said the final round of the Brazilian league on Sunday will be played in Socrates' honor. All matches will be preceded by a minute of silence. Corinthians, the team that featured Socrates at the height of his career, needs a draw against rival Palmeiras to win the title. Corinthians' main fan group said it will honor its former star throughout the day.
Fiorentina, another of Socrates' former clubs, held a minute of silence and players wore black armbands in his honor in Sunday's Italian league match with Roma.
Socrates wrote a series of columns for The Associated Press during the 2011 Copa America in Argentina, expressing his views on all aspects of the tournament, including economic and political issues in Latin America.
"It's not just about the game itself," Socrates said before the competition began. "Before anything, (football) is a psychological battle, the human aspect plays a significant role."
Socrates, whose full name is Socrates Brasileiro Sampaio de Souza Vieira de Oliveira, also played for Flamengo and Santos.
Socrates was included in FIFA's list of the best 125 living soccer players in the world, a list compiled by countryman Pele. Socrates played 63 matches with the national team, scoring 25 goals.
He was known for his great vision on the field. Always clever with the ball at his feet, his trademark move was the back-heel pass, and he set up and scored many goals with it throughout his career.
Socrates briefly coached and played for Garforth Town in England in 2004.
Socrates' younger brother Rai was another great Brazilian midfielder, and he helped Brazil win the 1994 World Cup in the United States.
Funeral services will take place in his home town of Ribeirao Preto, in the interior of Sao Paulo state.
He is survived by his wife and six children.


Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Want to melt those years away? Travel to an outer planet!

  • Fill in your birthdate below in the space indicated. (Note you must enter the year as a 4-digit number!)
  • Click on the "Calculate" button.
  • Notice that your age on other worlds will automatically fill in. Notice that Your age is different on the different worlds. Notice that your age in "days" varies wildly.
  • Notice when your next birthday on each world will be. The date given is an "earth date".
  • You can click on the images of the planets to get more information about them from Bill Arnett's incredible Nine Planets web site.


Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

#CORRUPÇÃO: Carlos Lupi teria pedido demissão do Ministério do Trabalho

04 de dezembro de 2011 20h07 atualizado às 20h13

Lupi teria pedido demissão do ministério. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil Lupi teria pedido demissão do ministério
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi (PDT), pediu demissão neste domingo, de acordo com a Globo News. Lupi sofre ameaças de corrupção, entre elas a de que teria se beneficiado de um suposto esquema de propina envolvendo organizações não governamentais (ONGs) conveniadas com o Ministério do Trabalho. Ele também foi acusado de ocupar, simultaneamente, dois cargos públicos de assessor parlamentar. A informação foi dada pela comentarista Cristiana Lôbo.
A última denúncia contra o agora ex-ministro dá conta de que ele foi funcionário fantasma da Câmara dos Deputados por quase seis anos. Conforme o jornal Folha de S. Paulo , Lupi foi lotado na liderança do PDT de dezembro de 2000 a junho de 2006, mas no período exercia atividades partidárias como vice-presidente da sigla. No mês passado, a Comissão de Ética Pública da Presidência da República decidiu abrir dois processos contra Lupi com base em denúncias da revista Veja. Segundo a reportagem, dirigentes do PDT seriam responsáveis por um esquema de cobrança de propina de ONGs conveniadas com o Ministério do Trabalho.

As mudanças no ministério de Dilma

Equipe que tomou posse em 1º de janeiro de 2011 sofreu alterações.
Veja as trocas de ministros desde o início do mandato da presidente.

Do G1, em São Paulo

(com queda do Lupi) arte dos ministros (Foto: Arte G1)

Dilma agradece a Lupi e confirma secretário-executivo como interino

Paulo Roberto dos Santos Pinto responderá interinamente pela pasta.
Lupi pediu exoneração neste domingo após ser alvejado por denúncias.

Do G1, em Brasília
A presidente da República, Dilma Rousseff, agradeceu neste domingo (4) a colaboração de Carlos Lupi, que comandou o Ministério do Trabalho desde março de 2007.
"A Presidenta agradece a colaboração, o empenho e a dedicação do ministro Lupi ao longo de seu governo e tem certeza de que ele continuará dando sua contribuição ao país", informou o Palácio do Planalto, por meio de nota à imprensa.
A partir desta segunda-feira (5), acrescenta a Presidência da República, responde interinamente pelo Ministério do Trabalho o secretário-executivo da pasta, Paulo Roberto dos Santos Pinto.
'Perseguição política'
Também em nota, Lupi diz que sofreu "perseguição política e pessoal da mídia". "Tendo em vista a perseguição política e pessoal da mídia que venho sofrendo há dois meses sem direito de defesa e sem provas; levando em conta a divulgação do parecer da Comissão de Ética da Presidência da República – que também me condenou sumariamente com base neste mesmo noticiário sem me dar direito de defesa -- decidi pedir demissão do cargo que ocupo, em caráter irrevogável", informou, por meio de nota à imprensa.
6º a cair após suspeitas de irregularidades
Ele é o sétimo ministro a não completar o primeiro ano do mandato da presidente Dilma, sendo o sexto a cair após denúncias de irregularidades. Antes dele, já deixaram o cargo: Antonio Palocci (Casa Civil), Alfredo Nascimento (Transportes), Nelson Jobim (Defesa), Pedro Novais (Turismo), Wagner Rossi (Agricultura) e Orlando Silva (Esportes).
As denúncias contra o ministro Lupi começaram há cerca de um mês, no começo de novembro, quando surgiu a informação de que haveria um esquema de cobrança de propina de ONGs contratadas para capacitar trabalhadores.
Em 12 de novembro, reportagem a revista Veja informou que ele teria utilizado um avião alugado por um empresário dono de ONG, que, por sua vez, tem contratos com o Ministério do Trabalho. Até hoje, ainda não foi esclarecido quem pagou pelo avião.
Além disso, outra denúncia, de que ele teria trabalhado, durante cinco anos, na Câmara Municipal do Rio e, ao mesmo tempo, seria funcionário-fantasma na Câmara dos Deputados, também complicou sua vida. A Procuradoria-Geral da República diz que acúmulo de cargos públicos, em tese, é crime.


Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Video: The Cast of ‘Pan Am’ Tells Us the Truth About Those Vintage Costumes

Don't be fooled: It's itchy underneath those "Pan Am" costumes (Bob D'Amico/ABC)
Don't be fooled: It's itchy underneath those "Pan Am" costumes (Bob D'Amico/ABC)
We've been happily onboard "Pan Am," ABC's high-flying period drama, since its debut this fall; we love its mix of Jet Age romanticism, espionage drama, and swinging '60s style. And now the series is getting an infusion of vampire blood: "Twilight" star Ashley Greene kicks off a three-episode arc this week, playing a possible love interest for Ted. (Just watch your neck around her, buddy.) Recently, we got a chance to visit the Brooklyn set of "Pan Am" and chat up cast members Christina Ricci (Maggie), Mike Vogel (Dean), Margot Robbie (Laura), Michael Mosley (Ted), and Karine Vanasse (Colette). They talked about what initially drew them to the project, why the 1960s are still so fascinating, and how it feels squeezing into those all-too-authentic vintage costumes. (Yes, the actresses really do have to wear girdles. But they swear they don't mind!)
Check out our interviews with the cast of "Pan Am" right here:


Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Fábio Assunção vai desfilar com a Gaviões da Fiel no Carnaval de SP

Ator aceitou o convite da escola de samba para entrar na avenida como motorista de um Rolls-Royce, diz coluna do jornal 'O Estado de S. Paulo'.

Do EGO, em São Paulo

Fabio Assunção (Foto: Orlando Oliveira /AgNews)Fabio Assunção (Foto: Orlando Oliveira /AgNews)
Corintiano, Fábio Assunção aceitou o convite da escola de samba Gaviões da Fiel para desfilar no Carnaval de São Paulo em 2012. Segundo coluna do jornal "O Estado de São Paulo", o ator, que está no ar no seriado "Tapas e Beijos", será o motorista do Rolls-Royce que conduziu Lula no dia da entrega de sua faixa de presidente do país, em 2003.

Fábio Assunção irá desfilar na Gaviões

Felipe Panfili/AgNews Zoom Fabio Assunção teria aceitado convite para o Carnaval Fabio Assunção teria aceitado convite para o Carnaval

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

#corrupção: Governo indica a Lupi que sua situação é insustentável

Hoje na Folha O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, já recebeu de interlocutores do governo a sinalização de que não há mais condições políticas de sua manutenção no cargo, informa reportagem de Natuza Nery e Catia Seabra, publicada na Folha deste domingo (íntegra disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).
'Reafirmo palavra por palavra', diz relatora do caso Lupi em comissão
Sepúlveda Pertence rebate críticas sobre Comissão de Ética
Dilma diz que Lupi só fica se explicar emprego duplo
A presidente Dilma Rousseff, que retornou ontem de uma viagem à Venezuela, deve chamá-lo para uma conversa definitiva entre hoje e amanhã.
Em conversas com integrantes do Executivo, o próprio titular da pasta aparenta ter perdido as esperanças de permanecer e reconhece que está causando constrangimento à presidente da República. Em nenhum momento, porém, admitiu que pedirá demissão.
Dos que procurou, ouviu a avaliação de que sua situação tornou-se insustentável após a Folha revelar que o ministro do PDT acumulou dois empregos públicos por quase cinco anos, em Estados diferentes, o que é vedado pela Constituição.

Editoria de Arte/Folhapres


Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Rio tem 235 bueiros com alto risco de explosão, diz prefeitura

Em quatro meses, a Prefeitura do Rio de Janeiro encontrou 235 bueiros com alto risco de explosão em toda a cidade. Os dois últimos foram identificados em vistoria ontem (3), em duas ruas do centro, segundo informações da Secretaria Municipal de Conservação do Rio.
CEG é multada em R$ 2,5 milhões por explosão de bueiro no Rio
Este ano ocorreram várias explosões em caixas subterrâneas compartilhadas pelas concessionárias de distribuição de energia, Light, e de gás canalizado, CEG, algumas com feridos.
Por isso, desde o dia 12 de agosto, a prefeitura está realizando inspeções para detectar riscos.
As duas concessionárias já foram comunicadas sobre o problema, mas a prefeitura não informou se ele já foi resolvido.


Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

#DR #SOCRATES Kajuru Sob Controle ESPECIAL [Sócrates] - 08/04/2011 ~ Bloco 1 {Parte 1}

Kajuru Sob Controle ESPECIAL [Sócrates] - 08/04/2011 ~ Bloco 1 {Parte 2}


#Sócrates , vc não está dispensado do jogo de hoje, ok?
São Paulo, Brasil | a minute ago

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

#DR #SOCRATES Luto : Ex-jogador Sócrates morre em São Paulo aos 57

Obrigado por tudo #Dr.Sócrates !


04/12/2011 - 06h05

Atualizado às 10h12.
O ex-jogador Sócrates morreu às 4h30 deste domingo aos 57 anos em decorrência de um choque séptico, que ocorre quando bactérias de uma infecção chegam à corrente sanguínea e se espalham pelo corpo.
Veja o especial sobre Sócrates
Em nota, Corinthians diz que hoje seria dia de alegria
Veja galeria de imagens da carreira de Sócrates
Veja trechos de bate-papo entre Juca Kfouri e Sócrates
O enterro será em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, pouco antes do início da última rodada do Campeonato Brasileiro, que está agendada para as 17h deste domingo. A CBF já comunicou que fará um minuto de silêncio em homenagem ao jogador que defendeu a seleção nas Copas de 1982 e 1986.

Sócrates em vários momentos da carreira; clique na imagem e veja galeria do ídolo corintiano
Sócrates em vários momentos da carreira; clique na imagem e veja galeria do ídolo corintiano
O ídolo do Corinthians, estava internado desde a última quinta-feira na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital Albert Einsten, na zona sul de São Paulo, após dar entrada com quadro de infecção intestinal.
Sócrates, sua mulher e um amigo haviam se sentido mal na noite de quinta-feira (1º) após comerem em um evento.
Segundo o jornalista Juca Kfouri, colunista da Folha, um prato de estrogonofe contaminado com uma bactéria foi o responsável por desencadear a internação do ex-jogador.
Sócrates já esteve internado outras duas vezes entre agosto e setembro, também na UTI, por conta de hemorragias digestivas.
Além de Corinthians e Botafogo-SP, jogou também pelo Flamengo, Santos e Fiorentina, da Itália. Formado em medicina, trabalhava como comentarista na TV Cultura e colunista do "Agora São Paulo", do Grupo Folha, e da "Carta Capital".


Andre Penner - 18.mai.2011/Associated Press
O ex-jogador de futebol Sócrates, ídolo do Corinthians e da seleção brasileira
O ex-jogador de futebol Sócrates, ídolo do Corinthians e da seleção brasileira
Confira abaixo a íntegra da nota de falecimento divulgada pelo hospital:
(São Paulo, 4 de dezembro de 2011, 5h30)
O Hospital Israelita Albert Einstein informa com profundo pesar o falecimento do ex-jogador Sócrates Brasileiro Sampaio de Sousa Vieira de Oliveira às 4h30, em conseqüência a um choque séptico.
Médicos Responsáveis
Dr. Fernando Luis Pandullo
Dr. Ben-Hur Ferraz Neto
Diretor de Prática Médica
Dr. Oscar Fernando Pavão dos Santos

Jorge Duran-1º.jun.85/France Presse
Sócrates posa com a camisa da seleção em 1985; clique na foto e veja imagens históricas do ex-jogador
Sócrates posa com a camisa da seleção em 1985; clique na foto e veja imagens históricas do ex-jogador

Ex-jogador Sócrates morre em São Paulo

domingo, 4 de dezembro de 2011 10:24 BRST
[-] Texto [+]
RIO DE JANEIRO (Reuters) - O ex-jogador de futebol Sócrates faleceu na madrugada de domingo, aos 57 anos, em São Paulo, informou o hospital Albert Einstein, onde ele estava internado há três dias.
O ex-jogador morreu às 4h30, em consequência a um choque séptico, de acordo com nota do hospital.
Sócrates era considerado ícone do futebol ofensivo do Brasil na Copa do Mundo de 1982 e um dos idealizadores do movimento que ficou conhecido como Democracia Corinthiana.
A Confederação Brasileira de Futebol manifestou pesar pela morte do atleta e informou que os jogos da última rodada do Campeonato Brasileiro, que serão disputados neste domingo, terão a observância de um minuto de silêncio em homenagem a Sócrates.
O Corinthians, time que o ex-jogador se destacou, pode ser campeão nacional neste domingo.
O time paulista lamentou a morte de Sócrates e fez uma homenagem ao atleta.
"Obrigado pelos lindos gols, pelos toques geniais, pelo futebol magistral que só Sócrates tinha", disse um comunicado do clube em seu site na Internet.
Sócrates disputou 297 jogos com a camisa corinthiana, marcou 172 gols e venceu três Campeonatos Paulistas pelo time, em 1979, 1982 e 1983.

Sócrates será enterrado em Ribeirão Preto, minutos antes de rodada
04 de dezembro de 2011 09h49 atualizado às 10h58

Sócrates, em uma das suas últimas aparições, após ser internado duas vezes. Foto: Zé Paulo Cardeal / TV Globo/Divulgação Sócrates, em uma das suas últimas aparições, após ser internado duas vezes
Foto: Zé Paulo Cardeal / TV Globo/Divulgação

Rodrigo Marin
Direto de São Paulo
O velório e o enterro do ex-jogador Sócrates, 57 anos, acontecerá na cidade de Ribeirão Preto, onde ele iniciou sua trajetória no futebol, na equipe do Botafogo. O corpo do ídolo corintiano já deixou São Paulo e chega à cidade do interior paulista às 13h, onde será velado no Cemitério de Campo Bom. O enterro de Sócrates está previsto para acontecer minutos antes do início da rodada final do Campeonato Brasileiro, que pode ter o Corinthians como campeão - o time alvinegro disputa o título com o Vasco.
O ex-jogador não resistiu a terceira internação em cerca de quatro meses e morreu nesta madrugada de domingo, em São Paulo. O Hospital Israelita Albert Einstein, local onde o ídolo corintiano estava internado desde a noite da última quinta-feira, confirmou a notícia por intermédio de boletim médico emitido às 5h30 (de Brasília).
Ainda segundo o hospital, o ex-jogador morreu às 4h30 em consequência a um choque séptico (infecção generalizada causada por bactéria). Natural de Belém, no Pará, Sócrates Brasileiro Sampaio de Souza Vieira de Oliveira deixa a mulher, Kátia, e seis filhos.
Essa havia sido a terceira vez que o ex-meia foi internado nos últimos quatro meses, sendo as duas anteriores por hemorragia digestiva decorrente do consumo prolongado de álcool.
Durante a primeira internação, em agosto deste ano, o ex-atleta ficou na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital por nove dias. Chegou a ser submetido a uma cirurgia que teve sucesso, permitindo a recuperação. Após a primeira internação, Sócrates afirmou que o susto fez com que ele mudasse de atitude em relação à bebida.
No dia 5 de setembro voltou a ser internado devido a uma crise de cirrose hepática que incluiu um sangramento no esôfago. Permaneceu no hospital por 17 dias, e recebeu alta para continuar o tratamento em casa. Após nova internação, o ex-atleta assumiu ter feito escolhas erradas em sua vida e agradeceu o apoio das pessoas que torceram e rezaram por ele no momento em que estava hospitalizado.
Sócrates foi um dos maiores craques da história do futebol brasileiro. Ídolo do Corinthians, ele defendeu o clube alvinegro entre 1978 e 1984. Meia de habilidade, o paraense iniciou a carreira no Botafogo-SP na década de 70. Foi um dos principais astros da badalada Seleção Brasileira da Copa do Mundo de 1982, eliminada pela Itália de Paolo Rossi.

Antes de "final", Corinthians homenageia Sócrates: "obrigado Doutor"
04 de dezembro de 2011 10h53 atualizado às 11h18

Site oficial do Corinthians prestou homenagem ao ex-jogador Sócrates. Foto: Site do Corinthians/Reprodução Site oficial do Corinthians prestou homenagem ao ex-jogador Sócrates
Foto: Site do Corinthians/Reprodução

O Corinthians tirou um pouco o foco e a concentração no clássico decisivo contra o Palmeiras para prestar uma homenagem a um dos seus maiores ídolos. A morte do ex-jogador Sócrates rendeu uma homenagem especial no site do clube alvinegro, que mostra estar de luto em sua página inicial, com apenas uma foto do craque com as datas de nascimento e morte do ex-meia.
Relembrando a história de Sócrates no time alvinegro, o site lamenta iniciar o dia que pode marcar o quinto título brasileiro com uma notícia tão triste. "Hoje, que seria um dia apenas de alegria pela decisão do Brasileirão, começou triste para o futebol brasileiro, principalmente para os corinthianos", diz a nota.
Na mensagem, o clube ainda agradece o ex-jogador por todos os momentos de alegria que Sócrates deu aos torcedores corintianos. "Obrigado pelos lindos gols, pelos toques geniais, pelo futebol magistral que só Sócrates tinha. Obrigado, Doutor!".
O clube ainda não divulgou se alguma homenagem será feita ao ex-jogador, antes do início da partida diante do Palmeiras, neste domingo, às 17h, no Estádio do Pacaembu. O corpo de Sócrates será velado no Cemitério do Campo Bom, em Ribeirão Preto. O enterro está previsto para acontecer minutos antes do início da rodada do Brasileiro.

Ídolo corintiano, Sócrates fez história fora de campo e na Seleção
04 de dezembro de 2011 06h38


Sócrates era um dos principais jogadores da Seleção Brasileira que encantou, mas não levou a Copa de 1982. Foto: Getty Images Sócrates era um dos principais jogadores da Seleção Brasileira que encantou, mas não levou a Copa de 1982
Foto: Getty Images

Formado em medicina na Universidade de São Paulo (USP) em Ribeirão Preto, Sócrates Brasileiro Sampaio de Souza Vieira de Oliveira iniciou a carreira de jogador de futebol no Botafogo-SP, clube o qual também revelou o irmão do ex-jogador Raí, campeão do mundo em 1992 e 1993 pelo São Paulo, no ano de 1974, depois de terminar o curso de graduação.
Com a camisa tricolor no interior, Sócrates mostrou um enorme talento, especialmente na troca de passes. Sem muita velocidade e explosão, o ex-meio-campista notabilizou o toque de calcanhar e a categoria com a bola nos pés. No Botafogo-SP, a principal campanha ocorreu em 1977, quando terminou como artilheiro da competição.
A boa passagem durante os quatro anos pelo clube do interior rendeu a transferência para o clube do Parque São Jorge no ano de 1978, quando se firmou no cenário nacional, conquistando espaço, inclusive, na Seleção Brasileira. Com a camisa alvinegra, o "Doutor", como ficou conhecido no mundo do futebol por conta da formação acadêmica, disputou 298 jogos e assinalou 172 gols - ocupa a oitava colocação no ranking de artilheiros da história do clube. Além das conquistas individuais, o ex-meio-campista se consagrou ao vencer os Campeonatos Paulistas de 1979, 1982, 1983
Além das conquistas esportivas com o Corinthians, Sócrates também teve um papel fundamental na política do clube, atingindo até um nível nacional. O ex-meio-campista acabou sendo um dos líderes da Democracia Corintiana, um movimento de cunho ideológico que transformou o ambiente normal do dia a dia de um clube. Os jogadores, anteriormente submissos às decisões da comissão técnica, passaram a também participar das decisões, como em caso de concentrações, viagens, entre outros.
As atitudes da equipe modificaram a hierarquia dentro do Corinthians. Sob o período da democracia, o voto do presidente em uma decisão interna teria o mesmo peso da opção de um roupeiro. Com tamanha politização fora dos gramados, o ex-jogador se tornou um símbolo, inclusive, da luta contra o regime militar, que acabou abolida no País no ano de 1985.
O movimento criado internamente no clube acabou transferido para o público, especialmente quando o Corinthians vestiu uma camisa com o "patrocínio" das "Diretas Já", variando para frases como "Dia 15, vote", por conta da eleição direta para o governo de São Paulo, e "Eu quero votar para presidente".
Um dos atletas mais influentes dentro do grupo, Sócrates nunca escondeu a insatisfação em relação à ditadura, e externava a liderança dentro da equipe com opiniões fortes em um dos períodos mais tensos da história recente brasileira.
Tal movimento não atrapalhou o desempenho da equipe alvinegra dentro dos gramados. Durante o período da "Democracia", o Corinthians venceu o bicampeonato paulista (1982 e 1983), em uma das formações mais exaltadas pela torcida. O desempenho de Sócrates, inclusive, rendeu ao meio-campista a convocação para a Copa do Mundo de 1982, quando o Brasil perdeu para a Itália nas quartas de final.
Dono de um estilo elegante dentro de campo, Sócrates deixou o Corinthians no ano de 1984 e se transferiu para a Fiorentina, da Itália. No futebol europeu, o ex-jogador não apresentou o mesmo nível de jogo, e retornou ao País um ano depois para defender o Flamengo. No Rio de Janeiro, ele acabou convocado para a Copa do Mundo de 1986.
No Mundial do México, Sócrates ficou marcado por errar a penalidade na disputa por pênaltis contra a França, nas quartas de final. Eliminado com o time nacional, o ex-meio-campista perdeu espaço no elenco. Antes de encerrar a carreira, o "Doutor" ainda vestiu a camisa do Santos e do Botafogo de Ribeirão Preto.
Em 2004, o carismático médico-jogador ainda "voltou" aos gramados. Aos 50 anos de idade, Sócrates acabou contratado pelo Garforth Town, uma equipe semi-profissional do norte da Inglaterra. Com um contrato de um mês, o ex-atleta da Seleção Brasileira atuou por menos de 15 minutos, em partida contra Tadcaster Albion, por um campeonato regional.
Apesar da aposentadoria e do estilo de vida do "momento", como declarou no último dia 19 de agosto o amigo e jornalista Juca Kfouri, Sócrates continuou perto do futebol. O ex-jogador trabalhou como articulista na revista Carta Capital, como comentarista no programa Cartão Verde, da TV Cultura, e foi blogueiro do Terra durante a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

Em SP, torcedores lamentam a morte do ex-jogador Sócrates

Ídolo do Corinthians morreu na madrugada deste domingo, na capital paulista.
Torcedores que aguardam decisão do Brasileirão foram surpreendidos.

Eduardo Carvalho Do G1, em São Paulo
Comente agora
O eletricista Paulo da Silva, 38 anos, afirma que ficou surpreso e triste com a notícia da morte do ex-jogador Sócrates. (Foto: Eduardo Carvalho/G1)O eletricista Paulo da Silva, 38 anos, afirma que ficou surpreso e triste com a notícia da morte do ex-jogador Sócrates. (Foto: Eduardo Carvalho/G1)
A morte do ex-jogador Sócrates, aos 57 anos, anunciada durante a madrugada deste domingo (4), surpreendeu os torcedores do Corinthians que vivem em São Paulo e que aguardam pela partida com o Palmeiras, às 17h, que será realizada no estádio do Pacaembu, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.
O ex-craque do Timão estava internado no hospital Albert Einstein, na zona sul da capital paulista, e morreu em decorrência de um choque séptico às 4h30. Ele estava internado no hospital desde quinta-feira (1º) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
O eletricista Paulo da Silva, 38 anos, morador de Uberlândia, veio até São Paulo para tentar comprar ingresso para a partida deste domingo quando foi avisado pela reportagem do G1 sobre a morte do ex-jogador. “Confesso que meu até um calafrio na hora. Fico triste com uma notícia dessa”, afirma.
No Parque do Ibirapuera, na zona sul da capital, outros torcedores do Corinthians também lamentaram a perda. Segundo Danilo Chaccur, 45 anos, que passeava pelo local com a mulher e filha, a morte de Sócrates será mais uma motivação para os jogadores do Timão na partida desta tarde. “Para os jogadores vai ser um impulso, agora para a torcida é certo que haverá uma grande comoção. O Sócrates não era ídolo apenas dos corinthianos, mas também dos brasileiros, já que ele vestiu a camisa da Seleção Brasileira”, afirma.
O técnico de manutenção Fábio Araújo, 37 anos, disse estar triste pela morte do ex-jogador e explica que uma vitória do Corinthians sobre o Palmeiras seria uma homenagem. “Foi um grande craque”, disse.
Problemas de saúde
O ex-jogador estava em coma induzido e respirava com a ajuda de aparelhos. Segundo boletim médico divulgado neste sábado (3), o quadro dele já era grave. Esta foi a terceira vez este ano que o ex-atleta e ídolo do Corinthians foi internado. Nas duas ocasiões anteriores, ele passou por tratamento para conter uma hemorragia digestiva, causada pelo consumo prolongado de álcool.
Em sua última internação no mesmo hospital, dia 5 de setembro, Sócrates ficou na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e precisou da ajuda de aparelhos para respirar. Recuperado, recebeu alta médica dia 22. Anteriormente, ele havia ficado nove dias internado, e saiu no dia 27 de agosto. Segundo a mulher de Sócrates, o ex-jogador teve uma infecção no intestino causada por uma bactéria.
De acordo com a família do jogador, o corpo dele será levado para Ribeirão Preto. A previsão de chegada é às 13h. Depois, será realizado o velório, e o enterro está marcado para as 17h deste domingo.
Sócrates era o mais velho de seis irmãos – o ex-jogador Raí é um deles -, e teve seis filhos. Ele começou sua carreira em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. Por causa da faculdade de medicina, que cursava na Universidade de São Paulo (USP), ele quase não treinava.
Em 1978 ele foi para o Corinthians, onde se consagrou como ídolo. Já era médico formado e ganhou da torcida o apelido de Doutor. Com o time, foi bicampeão paulista em 1982 e 1983.
O jogador participou de duas Copas do Mundo pela Seleção Brasileira. Em 1982, foi capitão. Depois de uma breve passagem pelo Fiorentina, da Itália, atuou ainda no Flamengo e no Santos.
Sócrates também era politizado. Ele participou da campanha pelas Diretas Já, e em 1984 foi um dos principais idealizadores da Democracia Corintiana, que reivindicava para os jogadores mais liberdade e mais influência nas decisões administrativas do clube.

Sócrates queria que o Brasil exportasse suas artes e não seus artistas, diz Bueno

Amigo afirma que ex-jogador elogiava o Santos por manter Neymar no time brasileiro

04/12/2011 - 10:58
Da redação

O ex-jogador Sócrates Brasileiro Sampaio de Sousa Vieira de Oliveira, ídolo do futebol nacional e internacional, não concordava com a exportação de jogadores para times do exterior. A afirmação é de seu amigo Bueno, cantor e compositor, com quem o craque gravou um CD em 1.999.
Confira galeria de fotos de Sócrates.
“O Sócrates dizia sempre que o Brasil deveria exportar suas artes e não seus artistas. Ele fez essa referência quando Ronaldinho Gaúcho foi vendido e, atualmente, ele elogia o Santos por conseguir segurar o Neymar no time brasileiro”, afirma.
De acordo com Bueno, o grande sonho do craque era ajudar os menos favorecidos. “Esse sonho ele não conseguiu realizar. Sócrates tinha um projeto de levar um ônibus com um consultório móvel até os bairros mais pobres. Uma vez, ele me disse que uma barraca de lona serviria”.
Último Pedido
O último pedido do Doutor ao amigo Bueno foi que ele fizesse gengibre curtido. “Ele me pediu para fazer gengibre fresca curtida há uns três meses. Eu fiz, mas ele não veio buscar. Não deu tempo”.
Em poucas palavras, Bueno definiu a morte de Sócrates. “Perdi meu melhor amigo. Um ser humano preocupado com os mais humildes”.
Bueno disse que Sócrates estava sem ingerir bebidas alcoólicas. “Sua última recaída foi há uns 6 meses em Cuba, a partir daí ele só piorou”.
Sócrates estava internado deste quinta-feira (1) à noite, depois de ter se sentido mal durante o jantar. O quadro clínico dele chegou a apresentar leve melhora neste sábado, graças a um antibiótico mais potente, que fez regredir o quadro de infecção intestinal.
Mas os médicos já vinham alertando que o caso dele era grave – Sócrates estava sedado na UTI, respirando por aparelhos e passando por tratamento dialítico, que consiste na remoção do excesso de líquidos e substâncias prejudiciais acumuladas no organismo do paciente renal crônico. A expectativa era que ele permanecesse em observação por pelo menos 72 horas.
O ex-jogador foi internado com uma infecção intestinal causada por uma bactéria. Ele começou a se sentir mal depois de comer estrogonofe no jantar. Não foi confirmado pelos médicos, porém, que tenha sido essa a causa da internação.
Esta tinha sido a terceira internação de Sócrates nos últimos quatro meses. As duas internações anteriores foram para tratar de uma hemorragia digestiva, causada pelo consumo prolongado de álcool.

Contestação foi marca registrada de Sócrates. Leia frases do ídolo

Um dos principais ídolos do futebol brasileiro, ex-jogador morreu na madrugada de domingo, em São Paulo, aos 57 anos

iG São Paulo | 04/12/2011 09:58

Foto: AE Ampliar
Em campanha pelas Diretas Já, em 1984: Sócrates queria o mesmo para a CBF
Sócrates foi um jogador raro não apenas por seu talento, mas também pelo seu espírito notoriamente contestador num meio, o futebol, marcado por extremo conservadorismo e subserviência dos jogadores em relação a ações questionáveis da cartolagem que tomou conta do esporte nas últimas décadas.
Leia também:
Sócrates morre em São Paulo aos 57 anos vítima de infecção generalizada
Sócrates foi médico, craque, pai da Democracia Corintiana e artista
Fãs se despedem e prestam homenagens a Sócrates nas redes sociais
Rebelde por natureza e politicamente alinhado à esquerda, Sócrates sempre expôs seu ponto de vista sobre questões polêmicas do futebol, do Corinthians, clube com o qual é identificado, e, claro, do Brasil. Veja abaixo algumas das principais declarações do ídolo:
“Não tenho nenhuma mágoa do presidente Matheus, nem mesmo desse pequeno grupo que atritou comigo no Pacaembu. Tudo isso foi ultrapassado. É uma reação natural da torcida, e o presidente tinha o direito de não revisar o meu contrato”
Em janeiro de 1980, sobre a crítica de torcedores e possível saída do Corinthians
“O tigrão virou cachorra, tchutchuca. O Brasil deixou a cobertura e está quase na porta do zelador”
Ao criticar o técnico Emerson Leão e os maus resultados da seleção brasileira em 2001, à rádio Jovem Pan
“Não conheço detalhes administrativos da gestão dele, mas aparentemente ele jogou dinheiro fora. Em relação a tudo, mas principalmente com jogadores. Os títulos que conquistou não foram importantes. E o Ronaldo no Corinthians foi bom para o próprio Ronaldo. Para o clube não valeu de nada”
Crítica a Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, e Ronaldo
“Eu queria que meu filho nascesse lá, eu queria ser um cubano. Nós estivemos lá agora, nós fomos passear! Peguei minha mulher e fui lá, passear, curtir lampejos de humanidade. Um povo como aquele, numa ilhota, que há mais de 60 anos briga contra um império, só pode ser muito forte, e ditadura alguma faz um povo tão forte. Ditadura não é tempo de serviço, necessariamente é qualidade de serviço. Em Cuba, o povo participa de tudo, em cada quarteirão. E aqui? Pra quem você reclama? Você vota e não tem pra quem reclamar”
Sobre Cuba e Fidel castro, em 2011, à "Folha de S. Paulo"
“O mundo reagiu à mudança do país. É muito melhor ouvir quem está de fora falar o que é o Brasil hoje. E temos uma chance única nos próximos seis ou sete anos de mostrar para o mundo todo quem é o brasileiro. Para o mundo descobrir o Brasil. Não serão “Cabrais”, mas vão descobrir o melhor do Brasil, que é o brasileiro”
Sobre o Governo de seu amigo Lula, em dezembro de 2009
“Deus não tem idade. O Corinthians é muito maior que a idade que possa ter; é um símbolo, uma essência, um sentimento. É claro que o centenário tem um valor simbólico e as pessoas se reúnem em torno desse símbolo. Mas isso é secundário à importância que tem alguma coisa capaz de agregar tanta gente de origens absolutamente distintas”
Sobre o centenário do Corinthians, à Carta Capital, em setembro de 2010
“Sempre lutei pelo voto direto e continuo a acreditar ser esse o melhor meio de avaliação democrática. Com ele respeita-se a alternância de poder, tão necessária, principalmente naqueles tempos de ditadura militar”
Sobre democracia e o voto direto, à "Carta Capital", em 2010
“Antes, falavam que as meninas cozinhavam como as mães, agora que bebem com os pais”
Sobre álcool na sociedade, ao iG, agosto de 2011
A gestão da Copa do Mundo está nas mãos de quem não tem muita compromisso com a nação”
Sobre o Mundial no Brasil, em junho de 2010, ao Estadão

Em última coluna, Sócrates questionava cuidados ambientas na Copa de 2014

por ESPN.com.br

No último texto que escreveu, Sócrates manteve a verve questionadora, a postura crítica e a contestadora que sempre foram sua característica. Em sua coluna na revista Carta Capital que chega às bancas de todo o Brasil nesta semana, o Doutor questiona a questão ambiental relacionada à Copa do Mundo de 2014.

“O abastecimento de água e de energia nos estádios e centros de imprensa tem sido motivo de poucas discussões, como se fosse tema secundário. Pelo contrário, é fundamental para se evitarem desperdícios e emissão de gás e fuligem no caso de utilização de diesel para viabilizar a transmissão do evento”, escreveu Sócrates.

“Lixo! Será que algum dos que possuem poder de decisão para o mundial pensou em como ratar e manipular o lixo produzido?”, questiona o ex-jogador. “Acredito que não”, ele mesmo responde.

Sócrates conclui o texto com uma triste constatação. Ele classifica o trabalho de organização da Copa como uma farra – e vai além. “Uma inconsequência sem limites das instituições que delas deveriam cuidar”, disse.

Sócrates morreu na madrugada deste domingo, aos 57 anos, vítima de uma infecção generalizada.

Sai Sócrates, mas as batalhas continuam

Mauricio Stycer

Pelo que fez em campo, Sócrates integra um grupo pequeno, o dos gigantes do futebol brasileiro. Pela capacidade de reflexão sobre o seu ofício, ocupa um lugar único. Nenhum atleta brasileiro foi capaz de pensar sobre os diferentes aspectos do esporte, questionar os seus problemas e propor soluções com a sua coragem e inteligência.
Some-se a isso, Sócrates construiu uma imagem pública fascinante. O “antiatleta”, como ele dizia, sempre fumou e bebeu, era um iconoclasta, sem papas na língua, tinha prazer em chocar os mais conservadores com seu humor refinado e era de uma simpatia a toda prova.
Essa raríssima combinação – gigante em campo, gênio na tribuna, carismático no dia-a-dia – obrigou muita gente a engolir Sócrates a contragosto. Na verdade, num país com a estrutura esportiva pré-histórica que ainda tem o Brasil, Sócrates sempre foi um incômodo para quem, de fato, manda  – dirigentes, políticos e empresários ocupados exclusivamente com os seus próprios interesses e negócios.
Além da tristeza gigante pela morte tão precoce de Sócrates, sinto muito também por achar que as principais batalhas que enfrentou ainda estão muito longe de ter um desfecho positivo. Mas não são batalhas perdidas. Sua voz será sempre lembrada por aqueles que sonham com um mundo esportivo mais justo.

Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Astronomer discovers 18 giant alien planets the size of Jupiter orbiting massive dying stars outside our own solar system

By Michael Zennie

Last updated at 12:08 AM on 4th December 2011

A patient astronomer has discovered 18 massive new alien planets orbiting dying giant stars outside our solar system. It is a finding that could help scientists better understand the origins of our own sun and the planets that orbit it.
This is the second-largest batch of such planets ever found -- and increases the number of known alien bodies orbiting massive stars by 50 percent.
California Institute of Technology Professor John Johnson and his team of astronomers spent nearly 10 years staring at 300 solar systems, searching for a tell-tale wobble caused by the gravitational pull from planets.
Artist's concept of an extrasolar gas giant.
Gas giants: All 18 planets found by Professor John Johnson and his team are roughly the size of Jupiter
Artist's concept of an extrasolar gas giant.
'Looking for a wobble': These alien planets were found by looking for a tell-tale change in the gravity of their stars as they orbited
It's a project Professor Johnson has been pursuing since he was a graduate student at the University of California, Berkley.
'I liken it to a garden. You plant the seeds and put a lot of work into it,' he says.

'Then, a decade in, your garden is big and flourishing. That's where I am right now. My garden is full of these big, bright, juicy tomatoes -- these Jupiter-sized planets.'
Professor Johnson used the powerful telescopes at W.M. Keck Observatory, 13,000 feet up near the summit of Mauna Kea in Hawaii.
He focused on stars that are more than one and a half times bigger than the sun. These stars are just past the main stage of their lives, called 'retired,' and are now puffing up into 'subgiant stars.'
The planets are all gas giants, about the size of Jupiter. But perhaps the most remarkable part of the discovery is their distance to their stars - about 27 million miles, 30 percent, closer than the sun is to Earth, on average.
Artist's conception of an exoplanet and its moons.
Creative pictures: These images of alien gas giant planets are an artist's rendition of what they might look like. The images scientists gleaned were not this specific
If a large gassy planet like Jupiter came that close to our own sun, scientists believe it would be sucked in and annihilated in a massive, fiery explosion. Professor Johnson and other researchers are trying to figure out why this hasn't happened with their close-orbiting 18 planets.
Additionally, the planets seem to move in simple circular patterns around their large stars, whereas planets in our own solar system have a wide range of elliptical orbits. 
The unique characteristics have led Professor Johnson to conclude these planets seem to be formed from seed particles that accumulate gas and dust in a disk surrounding a newborn star. This improves the understanding of how planets -- including our own -- were created.

W.M. Keck Observatory.
Grounded: The astronomers who discovered the planets were using the powerful telescopes at the WM Keck Observatory in Hawaii


Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters

Veena Malik, Pakistan Model, Poses Nude, Causes Fury

 Veena Malik Nude
In this Saturday, Sept. 4, 2010 file photo, Veena Malik, Pakistani actress and former girlfriend of Pakistan fast bowler Mohammad Asif who is allegedly under investigation over the match fixing charges, poses in Lahore, Pakistan.

ISLAMABAD — A Pakistani actress who posed in the nude for an Indian magazine with the initials of Pakistan's feared and powerful intelligence agency on her arm has triggered fury across this conservative nation.
Veena Malik's photo on the website of FHM India, in advance of its publication in the magazine's December issue, has been lighting up social network websites since earlier this week.
Many here anticipate a backlash, as nationalists and Islamists regularly stage rallies against anything they deem an insult to Islam or to the national honor. India and Pakistan have fought three wars, and the Inter-Services Intelligence agency or ISI has been accused of sponsoring terrorist attacks inside India.
Malik has broken Pakistani religious and national taboos in the past. She is a target for conservative ire and a heroine to some Pakistani liberals.
Conservative cleric Maulana Abdul Qawi declared on Aaj TV on Saturday that her latest venture into controversy was a "shame for all Muslims."
In an interview with Pakistani Geo television broadcast Saturday, however, Malik said the nude photo was published in violation of her agreement with FHM India and she was considering legal action against the magazine.
Malik acknowledged having been photographed for a "bold but not nude shot." She said the editor of the magazine had promised that he would cover most of the photo with the ISI initials.
The photo was intended to poke fun at the Indian fear of Pakistani spies, she said, adding "whatever happens (in India), people say ISI is behind that."
Magazine editor Kabeer Sharma said Malik had given full consent for the shoot and the picture.
"We have all the record(s)," he told the Pakistani television station. "Veena was very excited about that ISI idea."
Zubair Khan, a 40-year-old shopkeeper in the northwestern city of Peshawar, agreed, saying the photo had given rival India another opportunity to insult Pakistan.
"She has earned a bad name for the entire Pakistan nation," he said.
Others questioned the authenticity of the photo.
"It seems to be an Indian attempt to malign Pakistan by faking her nude pics, or she might have done it to get a cheap publicity," said Lubna Khalid, 38, a housewife in the southern port city of Karachi.
Twitter commentator Umair Javed however called on Pakistanis to "make copies of the picture and bury it in your backyard. This way, our grandkids will know there were some amongst us who lived free!"
Asked by reporters whether Pakistan would "pursue the matter" legally, the country's Interior Minister Rehman Malik said Saturday, "First, let us see whether it is real or fake."
Malik does most of her work in India. The entertainment sector there is booming, while Pakistan's is moribund. Her ties to Pakistan's archrival have landed her in controversy in the past.
During a much-publicized talk show appearance early this year, she lashed out her nemesis Abdul Qawi, who criticized her for having a scripted love affair with an Indian actor on an Indian reality show.
"What is your problem with me?" an angry Malik demanded of the scholar, who had accused her of insulting Islam.

Veena Malik nude photo: Pakistan minister Rahman Malik warns her of 'strict action'

Veena Malik nude photo: Pakistan minister Rahman Malik warns her of 'strict action'
Veena Malik
Queen of controversies Veena Malik may or not have done a nude shoot for an Indian magazine but this time it may not be a hands-down win for Pakistan's custodians of morality because her admirers seem to have multiplied over the year.
Malik, who last ran into trouble for not playing miss-goodie-two-shoes on Indian reality show 'Bigg Boss IV' earlier this year, is back in the spotlight for allegedly posing nude for the cover of FHM India magazine with an "ISI" tattoo on her arm.
She has denied posing nude and has threatened to sue the magazine, whose editor Kabeer Sharma insists that he has a video and an email from Malik that prove the authenticity of the photo.
Pakistan's Interior Minister Rahman Malik has said he had not seen the pictures.
However, he contended that if Malik had done a nude shoot, "strict action" would be taken against her.
Women have come out in hordes in the virtual world, at least, to support Malik.
"Veena I am proud of you!" wrote Sonia Wahab on a web page.
The best response came from filmmaker Sharmeen Obaid Chinoy.
She posted on Twitter: "For all you clerics waiting to pounce on Veena Malik better have your excuses lined up about why you were looking at FHM in the first place!"
On the website of The Express Tribune newspaper, Abdul Jabbar posted: "Veena has every right to pose how she wants.
"May be she's showing our moral hypocrisy where we value a woman by her sex life. Maybe she feels she has got nothing to be ashamed of her body, that the female body is not a source of sin and shame. I for one, will not condemn her.
"The Egyptian blogger did it recently and her reasons were valid. There is no need to attach a woman's value in society by the amount of clothes she wraps herself into," he wrote.
But Malik had her share of detractors too. On a Facebook page floated to hate all things Indian, the administrator posted: "Shameless Veena Malik poses naked for men's magazine FHM (India). Notice the ISI tattoo on her arm. This gesture from eastern (sic) neighbour speaks of their frustration and hatred towards the ISI. Veena Malik shame on you".
Over 80 comments that followed requested members of the page to ask Pakistan's Supreme Court to cancel Malik's nationality and to make sure that she does not live in the country again.
Malik has been trending on microblogging website Twitter since the photo became public yesterday.
Actress Meera, Malik's bete noire, called her a "completely mad woman".
The feminists, while supporting Malik's decision to pose nude, wondered if it also amounted to real empowerment.
"Why 'empowerment' and a 'free life' mean no clothes?" tweeted Ayesha Malik.
Some others explained why Malik was in denial. "After all, she probably fears being stripped of her Pak citizenship," wrote blogger Cafe Pyala.

Veena Malik's ‘nude picture' evokes mixed reaction

Anita Joshua

Veena Malik
PTI Veena Malik
Humour and anger were available in fair measure across Pakistan as reports reached here about actor Veena Malik reportedly posing nude for the cover of an Indian magazine.
Though the cover has been the buzz on social networking sites since Friday afternoon, the local media was slow to pick up the story and even then the ‘ghairat brigade' (honour brigade) was not out in strength with daggers drawn.
Given that her previous appearance on Indian television's Big Boss season had got her into trouble back home, many found it difficult to believe the cover picture was real. It must have been morphed seemed to be the general belief and so when her public relations manager claimed that the photographs were not hers, many bought that version. In fact, the dominant sentiment was that if the photograph was hers, then Ms. Malik probably had no intention of returning to Pakistan, knowing full well that there would be a lynch mob waiting for her. Worse still, was the fact that the bare-all photograph has ISI tattooed on her arm.
In an interview to Geo News, Ms. Malik said she had done a bold shoot for FHM magazine but it was not a nude shoot. As for the ISI tattoo on her arm, she said it was the magazine editor's idea to take a dig at the general Indian tendency to blame everything that goes wrong in India on the ISI. Maintaining that she would take recourse to legal action as her photographs had been doctored, Ms. Malik said she was well aware of her limitations and had never in her life done a nude shoot. Meanwhile, the magazine's website on Saturday changed the cover of the December edition though it still featured her in a different pose. This time, the “Pakistani WMD'' — as the magazine chose to call her — is caught in the act of pulling the pin out of a grenade.
And, once again Twitter was abuzz with some among Pakistan's tweeting community expressing disgust, the liberal lot saluting her for the courage in doing what she wanted, and others making light of it with sarcasm. Commenting on the latest FHM cover, one tweeter said “Veena Malik would make a terrible ISI agent considering how much she reveals” while another wondered if cricketer-turned-politician Imran Khan's Pakistan Tehreek-e-Insaf would invite her to the party fold now that she had revealed all her assets.


Sphere: Related Content
26/10/2008 free counters